Mercados

Início Notícias Mercados

Austrália e activewear disparam preço da lã

A maior exportadora mundial de lã de alta qualidade, a Austrália, foi atingida por uma seca severa que está a afetar o preço da matéria-prima, ao mesmo tempo que aumenta a procura por lã junto dos especialistas em activewear à escala global.

O maior mercado da moda em 2019?

A China será o mercado que irá crescer mais rapidamente no mundo da moda e o seu papel nas trocas comerciais deverá evoluir, segundo o relatório The State of Fashion 2018. O estudo prevê ainda que, em 2019, o crescimento global da indústria da moda desacelere.

Vietname quer crescer na via verde

A indústria têxtil e vestuário vietnamita quer ser mais amiga do ambiente, com uma nova parceria desenhada para melhorar a qualidade da água e a utilização de energia no país do sudeste asiático. O desígnio faz parte de um projeto mais amplo que pretende fomentar a produção sustentável em países asiáticos.

A crise da Dolce & Gabbana na China

Um desfile cancelado, retalhistas online a retirarem os produtos da marca das suas plataformas e uma reputação que poderá ser difícil de recuperar. São estes os resultados de uma publicação da Dolce & Gabbana – considerada racista e machista pelos chineses – e de uma alegada conversa de Stefano Gabbana nas redes sociais.

Os 5 tipos de consumidores chineses

Chegou o momento de definir os consumidores chineses segundo o seu tipo de personalidade. Depois de anos em que marcas e marketers dividiam os potenciais clientes da China em categorias demográficas gerais, a Euromonitor International sugere uma nova forma de olhar para os compradores do país asiático.

Exportações da ITV abrandam

De janeiro a setembro de 2018, as exportações da ITV cresceram a um ritmo mais lento, com um aumento de 2% face a igual período do ano passado. Tecidos de malha, algodão e vestuário em tecido são os principais responsáveis pelo arrefecimento, com uma redução combinada das vendas de 36 milhões de euros.

O apetite chinês pelo luxo

À semelhança de Paris, Tóquio e Londres, Nova Iorque é reconhecida por ser um dos centros mundiais de cultura, moda e arte. No entanto, as atenções de marcas como a Ermenegildo Zegna estão a voltar-se para a China, onde residem os maiores consumidores de artigos de luxo.

Taxas não assustam ITV dos EUA

O crescimento acelerado dos lucros em algumas das maiores empresas de vestuário e de calçado dos EUA está a dar origem a um cenário mais animador para o futuro dos sectores. No entanto, a possibilidade de imposição de mais taxas nas importações da China continua a ser uma nuvem no horizonte.

Sourcing sob alta tensão

Surgiram mais detalhes sobre o desfasamento entre as práticas de compra de marcas de vestuário e retalhistas e as consequências para os fornecedores. A pressão para reduzir custos permanece a culpada por aumentar o risco de rutura e catástrofes ambientais e humanas.

Designers portugueses em altos voos

Um mercado nacional «muito pequeno» obriga os designers portugueses a exportarem a maioria da roupa que criam. Os showrooms, as feiras internacionais e o comércio online são trampolins para saltos internacionais, utilizados não só pelos jovens designers, mas também por nomes consagrados da moda lusa.

Mais vistas