Mercados

Início Notícias Mercados

Chic só em outubro

O salão de moda internacional previsto para 25 a 27 de agosto foi adiado devido à atual situação pandémica na China. O certame está agora agendado para 9 a 11 de outubro, uma vez que a prioridade da organização é a segurança de todos os envolvidos e uma participação eficiente no certame.

Comércio de têxteis e vestuário em mutação

Afetados pela pandemia e pela evolução das estratégias de produção e sourcing das empresas, os padrões de comércio de têxteis e vestuário em 2020 incluem alguma continuidade mas também novas tendências, segundo as estatísticas da Organização Mundial do Comércio.

Covid-19 muda indústria do vestuário

A pandemia veio trazer mudanças na forma de trabalhar da indústria de vestuário, impulsionando tendências e exigindo a capacidade de adaptação a alterações nos padrões de sourcing, com os consequentes impactos nas condições de trabalho, salários e níveis de emprego.

Tunísia no limbo

As marcas esperam que a Tunísia recupere a estabilidade económica, depois do chefe de Estado, Kais Saied, ter demitido o primeiro-ministro, Hichem Mechichi, e ter suspendido o parlamento no último ataque de agitação política para o país do norte de África. No entanto, todas as mudanças levam a uma palavra: incerteza.

Vietname ultrapassa Bangladesh

A pandemia veio trazer muitas mudanças e a indústria de vestuário não foi exceção. Agora, o Vietname é o segundo maior exportador de vestuário do mundo, tendo ultrapassado o Bangladesh.

EUA convocados para salvar ITV com excedente de vacinas

A indústria de vestuário, e também de calçado, dos EUA está a pressionar novamente o presidente Joe Biden para reforçar a distribuição das doses de vacina excedentes do país para nações parceiras e epicentros de covid-19, nomeadamente Vietname, Bangladesh e Indonésia.

Algodão orgânico prepara recorde

A última colheita, em 2019/2020, produziu a maior quantidade de algodão orgânico de sempre, num total de quase 250 mil toneladas. As previsões para 2020/2021 apontam para um novo crescimento, de 48%, respondendo a uma procura que se tem mantido consistentemente em alta.

Não-tecidos crescem com a pandemia

A procura adicional para máscaras e têxteis médicos acelerou no ano passado, impulsionando as exportações de não-tecidos, onde a China continua a ser a grande fornecedora mundial. O crescimento, contudo, não deverá parar e nos próximos anos espera-se que o mercado para este tipo de produto continue a aumentar.

O sapato de cristal está na Micam

Depois de ter bebido inspiração em “Alice no país das Maravilhas”, a feira italiana de calçado acaba de lançar a sua nova campanha, que recria o conto de Cinderela. O célebre sapato de cristal torna-se, assim um ícone da moda e dá o mote às três próximas edições da Micam, já a contar de setembro

Sourcing procura proximidade

Embora a China tenha ganho algum dinamismo no último ano, devido à sua posição privilegiada nos equipamentos de proteção individual, a diversificação do sourcing deverá prosseguir e o Institut Français de la Mode aponta Portugal como um dos possíveis beneficiados.