Mercados

Início Notícias Mercados

China vence corrida pelo preço

Apesar dos rumores sobre a ascensão de potenciais substitutos, onde se incluem o Vietname, o Bangladesh e a Etiópia, a China continua a provar a sua competitividade no mercado global de sourcing, com o preço por peça de vestuário a descer 4,6% em 2019.

Coronavírus põe ITV em risco

A economia mundial e particularmente a indústria têxtil e de vestuário (ITV) dependem de uma rede complexa e globalizada de cadeias de aprovisionamento. Contudo, estas interações parecem agora estar na corda bamba, face ao surto de coronavírus, cujo prejuízo para o crescimento global poderá atingir os 145 mil milhões de euros.

Faixa e Rota abre horizontes

A indústria têxtil e vestuário chinesa atravessa um período crítico de desaceleração do crescimento, marcado pelo aumento do nível salarial e políticas de antipoluição mais restritas. A Iniciativa Faixa e Rota (Belt and Road Iniciative) poderá ser a resposta aos desafios, permitindo deslocar a produção e aproximar os países asiáticos.

América Latina de mãos atadas

O processo de impeachment de Donald Trump e a crescente instabilidade política que se faz sentir na América Latina têm vindo a prejudicar as encomendas e a congelar investimentos. As exportações de têxteis e vestuário da região podem não ter atingido os objetivos mínimos previstos para 2019.

Preço do algodão na corda bamba

Depois de um ano de altos e baixos, os preços do algodão parecem ter oferecido tréguas ao final de 2019. O índice A do grupo Cotlook aponta para uma estabilização do preço global numa média de 0,75 dólares por libra – ainda que esta fase de equilíbrio seja precária.

2020 em 10 tendências

Depois de um ano turbulento que abalou o crescimento da economia mundial, influenciado por guerras comerciais, referendos para abandonar a União Europeia e concorrência dos países emergentes, será que a estabilidade está nos planos para 2020? Aqui estão as 10 previsões económicas mais relevantes para o novo ano.

AMITH quer acelerar ITV de Marrocos

A pensar no crescimento da indústria têxtil e vestuário de Marrocos, a associação do sector tem um plano de modernização para as empresas marroquinas. A nova direção da AMITH quer que a indústria deixe de ser apenas fornecedora de mão de obra para passar a apresentar soluções aos clientes internacionais.

França brilha nas exportações portuguesas

No top 10 dos principais destinos de exportação da indústria têxtil e vestuário portuguesa entre janeiro e outubro, França é o país europeu que mais se destaca, com um aumento superior a 14,5 milhões de euros, num cenário onde apenas EUA e Países Baixos apresentam igualmente números positivos.

Uma seta têxtil na África Oriental

Um novo acordo de comércio livre e a esperada transferência da confeção da Ásia para o continente africano estão a alimentar as expectativas de crescimento da indústria têxtil e vestuário da África Oriental. Há, contudo, quem tenha dúvidas da capacidade da região de aproveitar estas oportunidades.

10 tendências que vão dominar a moda

2020 aproxima-se e a preocupação parece impor-se sobre os retalhistas que antecipam um ano com um fraco crescimento económico, aliado ao aumento da concorrência no mercado. Estas são algumas das 10 maiores tendências que irão moldar a indústria da moda ao longo do próximo ano.

Mais vistas