De volta ao espaço físico, Madrid acolhe, de 17 a 19 de setembro. a feira de moda Momad, numa edição que será centrada em três frentes: novas tendências, sustentabilidade e transformação digital. 17 empresas portuguesas já confirmaram a sua presença.
A casa de luxo francesa estreia-se no mundo do futebol e assina, por duas temporadas, com o Paris Saint-Germain. O guarda-roupa oficial do clube parisiense estará, assim, a cargo de Kim Jones, que vestirá os jogadores entre os quais Lionel Messi e Neymar.
O salão de moda internacional previsto para 25 a 27 de agosto foi adiado devido à atual situação pandémica na China. O certame está agora agendado para 9 a 11 de outubro, uma vez que a prioridade da organização é a segurança de todos os envolvidos e uma participação eficiente no certame.
Dos vestidos aos skorts e hijabs, as atletas têm lutado pelo direito de escolher o que querem vestir quando competem no mundo olímpico e o evento em Tóquio foi o palco perfeito para a causa de igualdade, aplaudida pelo público.
Integrado na primeira Portugal Fashion Sessions, que decorreu Vila Nova de Famalicão, o Concurso de Ecodesign Bloom distinguiu o jovem designer Vítor Dias, que com a coleção Apocalypse garantiu um lugar na passerelle da próxima edição do Portugal Fashion, em outubro.
Luxo e diversidade: o casamento perfeito entre Virgil Abloh e a Louis Vuitton Moët Hennessy, que ofereceu ao designer uma maior participação no conglomerado de luxo francês com a aquisição de 60% da Off-White, a marca criada pelo designer norte-americano.
O salão internacional de moda está de regresso a Düsseldorf para apresentar as tendências de vestuário, calçado e acessórios. Apesar do atual contexto, a Gallery Fashion & Shoes promete inspirar e surpreender com novas ideias, acompanhadas de previsões e inovações para o mercado no pós-pandemia.
Na sessão de trabalho “Positive Fashion - os compromissos que sustentam uma indústria”, o Portugal Fashion mostrou caminhos para a economia circular na moda, onde toda a cadeia tem um papel relevante, como demonstraram os exemplos trazidos pela Tintex, Zouri, Maria Gambina, Inês Torcato e Museu da Moda e dos Têxteis.
Os dois colossos da moda italiana de luxo aliaram-se para adquirir uma empresa produtora de fios de caxemira e de outras fibras nobres. A compra da Filati Biagioli Modesto é, segundo os grupos Prada e Zegna, mais um passo na conservação e na diferenciação do “made in Italy”.
A cidade portuguesa ocupa a 10.ª posição na lista de cidades mais “fashionable” do mundo, destacando-se nas compras de moda, onde ocupa mesmo o terceiro lugar. O top é encabeçado por Paris, Londres e Nova Iorque, mas Lisboa está melhor classificada do que metrópoles como Berlim, Los Angeles e Seul.