Chic tem nova data

A edição da feira de moda internacional prevista para março não aconteceu devido à disseminação do Covid-19 na China. No entanto, a Chic tem já nova data marcada, de 15 a 17 de julho. Desta vez, será em Shenzhen que se revelarão as tendências para a primavera-verão 2021.
Fonte de inspiração estação após estação, há muito que os quimonos galgaram as fronteiras nipónicas. Ainda assim, no Japão, o futuro dessa herança está garantido por uma nova vaga de artesãos e empreendedores.
A par das seis pontes que unem o Porto a Gaia, a cidade Invicta ganha, já na próxima semana, uma 7.ª que a liga ao talento emergente do design de moda. O concurso europeu de jovens designers organizado pelo CENIT está de volta e acolhe, nesta edição, 33 candidatos de 14 escolas, que representam 8 países.
Não é a primeira vez nem será a última. Filipe Faísca há muito se comprometeu em não deixar morrer tradições e, este ano, reaviva os Bordados da Madeira, não numa, mas em duas coleções. A primeira foi já desvendada na 50.ª edição da ModaLisboa.
Como alerta à navegação, não se trata de bolsas de couro da marca, mas de acessórios desenvolvidos a partir da pele do designer britânico desaparecido em 2010. Uma estudante de moda, Tina Gorjanc, quer produzir em laboratório pele de Alexander McQueen a partir do ADN dos seus cabelos.
Consumo sem género ou nova masculinidade são apenas duas das recentes entradas do dicionário do menswear. Designers como Miguel Vieira, Júlio Torcato ou Alexandra Moura têm vindo a atualizar o seu vocabulário, mas estarão a falar a mesma língua do homem atual e a capitalizar com o crescimento das vendas do segmento?
Com a saída de Raf Simons, a Dior continua, seis meses depois, com o lugar de diretor criativo vago. Alber Elbaz, Hedi Slimani e Maria Grazia Chiuri são alguns dos nomes que se alinham entre os potenciais candidatos, mas as limitações impostas pela marca francesa estão a tornar o processo de recrutamento difícil.

O preto da vizinha

Para a próxima estação fria, Anabela Baldaque espreitou a vizinha e deixou os seus passos catalogados em chinelos com fivelas e meias, combinados com peças brilhantes e linhas de pelo. Quando lhe perdeu o rasto, a decisão da criadora foi experimentar o preto e assim contar o que pôde sobre uma personagem que vagueia no imaginário citadino e desfila na passerelle do Portugal Fashion.

A moda neutra

A nova gama de vestuário de Ellen DeGeneres não é apenas mais uma linha de moda concebida por uma celebridade. Ela disponibiliza vestuário de género neutro para meninas, eliminando o fator tradicional de feminilidade inerente aos conjuntos do género feminino.
A “Luz” da ModaLisboa renovou-se com os primeiros passos dos 10 talentos emergentes da plataforma Sangue Novo, iluminando também o regresso a casa de Aleksandar Protic e Nair Xavier e as novas viagens de Ricardo Preto, Dino Alves e Filipe Faísca.

Mais vistas