Retalho

Início Notícias Retalho

Regresso às aulas

O período de regresso às aulas, como uma etapa definida no calendário dos retalhistas, parece tornar-se uma coisa do passado. As vendas estão, cada vez mais, dissiminadas ao longo do ano e a tendência de obtenção de receitas diretamente associadas à retoma do período escolar está em declínio.

Mango reforça financiamento com 200 milhões de euros

Para mitigar o impacto do novo coronavírus, a retalhista espanhola assinou um crédito de 200 milhões de euros a três anos de forma a ter uma maior capacidade de liquidez para subsistir. A Mango fez ainda um empréstimo bilateral de 40 milhões de euros.

Gap derrapa na Índia

Reconhecendo o potencial da Índia, as cadeias de vestuário europeias Zara e H&M têm vindo a roubar quota de mercado à rival Gap, menos de dois anos depois da marca americana ter começado a vender no país.

Massenet no clube Farfetch

Praticamente um ano e meio depois de ter deixado a Net-a-Porter e de alguns rumores no final de 2016, Natalie Massenet confirmou esta terça-feira, 28 de fevereiro, a sua chegada à equipa da Farfetch, startup fundada pelo empresário português José Neves.

A guerra dos descontos

A T.J. Maxx gaba-se de vender casacos da marca Michael Kors a 99,99 dólares (aproximadamente 92 euros), peça que em qualquer outro espaço custaria 140 dólares.

Laboratório omnicanal

Um novo laboratório, sediado em Xangai, permite que as empresas do sector do retalho testem novas tecnologias de omnicanal e avaliem as tendências emergentes que, gradualmente, estão a moldar o futuro do sector.

A moda no regresso às aulas

No soar da campainha para a segunda maior temporada de compras do ano, os analistas esperam que o regresso às aulas nos EUA dê o impulso desejado às vendas do retalho de vestuário, motivado pela dupla das tendências – o denim e o athleisure.

Continente digital

O Velho Continente tem sabido acompanhar a imersão dos consumidores de moda no universo online e vê-se rejuvenescido a cada nascimento de startups. A Europa ocupa a primeira fila da inovação tecnológica desta indústria e o contributo português – via Farfetch e, recentemente, Chic by Choice – é um dos mais relevantes.

Antes usar que ter

O consumo partilhado estará em destaque este ano, numa tendência que irá afetar a forma como as pessoas percecionam os objetos. Uma nova realidade a que os retalhistas e marcas terão de se adaptar, incluindo novos serviços na sua oferta, para agradar a um consumidor mais exigente.

Laboratório de experiências

O Fung Group tem estado a testar vários conceitos e experiências de retalho na China para explora novas possibilidades de envolvimento com os consumidores. A tecnologia e as redes sociais estão no centro de muitos dos testes realizados neste laboratório especial.