Retalho

Início Notícias Retalho

Trabalhadores do El Corte Inglés vão receber bónus

A retalhista espanhola vai abrir os cordões à bolsa e premiar os colaboradores que se mantiveram a trabalhar durante o período crítico da pandemia com um bónus até 300 euros.

Garland prepara crescimento no e-commerce

A especialista dedica atualmente mais de 20 mil metros quadrados à logística de comércio eletrónico, uma área que tem vindo a ter maior procura nos últimos quatro anos. A Garland Logística, que conta com clientes como a Farfetch, está, por isso, a fazer novos investimentos, incluindo a criação de um novo centro na zona norte.

El Corte Inglés entra no top 10 da sustentabilidade

O crédito de 2 mil milhões de euros angariado pela cadeia espanhola é o sexto maior no ranking da sustentabilidade de 2020 em todo o mundo.

Presidente da Inditex dá aula a recém-licenciados

Pablo Isla, braço direito de Amancio Ortega, fundador e principal acionista do grupo detentor da Zara e Massimo Dutti, defendeu perante uma plateia de estudantes universitários que as pessoas são o mais importante das organizações.

Retalho americano recupera em junho

Num mês em que as lojas começaram a reabrir nos EUA, as vendas de retalho evoluíram positivamente, tendo duplicado comparativamente com o mês anterior. Ainda que a pandemia continue a ameaçar a recuperação e a incerteza se mantenha, o panorama tem vindo a melhorar.

El Corte Inglés diversifica negócio

O grupo de distribuição espanhol quer lançar uma divisão financeira para oferecer fundos de investimento e planos de pensão aos seus clientes. O El Corte Inglés está em negociações com a Abante Asesores.

Retalho recupera fôlego na Europa

Durante o período de confinamento no Velho Continente, as vendas de vestuário caíram significativamente. Com a reabertura do retalho, os consumidores regressaram às compras e o sector ganhou ânimo.

Pablo Isla destaca força da Inditex

A crise sanitária provocou uma revisão na estratégia da Inditex: acelerar a digitalização e fechar mais lojas. O grupo espera fazer 25% do total da faturação em vendas digitais dentro de três anos.

H&M acelera online

A retalhista sueca quer acelerar a integração nas lojas físicas e nos canais online depois das vendas do segundo trimestre terem diminuído para metade e o lucro ter sido inexistente durante o bloqueio da Covid-19. A H&M continua, mesmo assim, com novos projetos e a Alemanha foi o país escolhido para abrir uma loja de revenda.

Primark prossegue com retoma animadora

Depois de destacar uma retoma «animadora» face ao bloqueio gerado pela pandemia e anunciar a abertura de novas lojas, a retalhista irlandesa já efetuou encomendas no valor de 1,1 mil milhões de euros para o próximo outono-inverno.

Mais vistas