Tecnologia

Início Notícias Tecnologia

Os wearables do futuro

As denominadas “tecnologias usáveis” alcançaram um estádio crucial, medido pelo constante interesse e investimento da indústria, mas contrabalançado pela timidez do consumidor, que se continua a mostrar reticente na aquisição deste tipo de produto. Todavia, há marcas cujo percurso está a ser trilhado com sucesso, ao anteciparem não só o futuro dos wearables, mas também o comportamento do público-alvo.

O poder dos dispositivos móveis

As tecnologias móveis estão cada vez mais omnipresentes no retalho, com diversos players físicos a integrá-las nas suas operações correntes, como forma de potenciar a experiência do cliente e manter-se numa luta de igual para igual com os seus concorrentes online.

A salvação está nos dados

Não é segredo que o sector de retalho se depara, atualmente, com dificuldades. Num momento em que os consumidores optam por não investir o seu dinheiro em peças de vestuário, os retalhistas devem repensar o rumo a seguir.

Nova fase da evolução digital

Está em marcha a disputa entre os gigantes da tecnologia e os retalhistas. O vencedor desta contenda poderá aumentar exponencialmente a sua influência junto dos consumidores, num momento em que os retalhistas tradicionais e online, a par das redes sociais, se digladiam por uma percentagem dos gastos dos consumidores.

Um olhar sobre o futuro

A primeira abordagem relativa ao sector da moda no âmbito da conferência anual Web Summit, em Dublin, focou-se na emergência dos wearables, personalização de produtos em escala e na relevância crescente dos megadados para o desenvolvimento do produto.

Farfetch vai mais longe

A realhista online Farfetch , criada pelo português José Neves, aposta em novas linhas de operação para potenciar o crescimento e a expansão da empresa, numa tentativa de satisfazer os seus recentes investidores.

Big Brother do retalho

O desenvolvimento de tecnologias inovadoras presenteia o sector de retalho com novas ferramentas capazes de potenciar a sua oferta, num momento em que, cada vez mais, os telemóveis adquirem requintes de um espião de bolso.

ITMA ganha sustentabilidade

Num clima de otimismo e confiança – comprovado por um aumento da procura – a ITMA 2015, feira de tecnologia e maquinaria, abre hoje as portas em Milão e, até 19 de novembro, vai revelar as novidades que vão marcar o futuro da indústria têxtil e vestuário mundial.

O circuito integrado da moda

A empresa de tecnologia americana Intel Corporation, reputada pela fabricação de circuitos integrados, aventurou-se recentemente na indústria da moda, desenvolvendo peças de vestuário que, combinando estética e tecnologia, apelam efetivamente ao consumidor.

Mães já não largam o telemóvel

Para além de ser usado como ferramenta para lembrar as horas de alimentação, para fazer o registo detalhado do desenvolvimento da criança ou para pesquisar no Google sintomas de doenças, as mães estão também, a usar, cada vez mais, os smartphones para fazer compras online.