Tendências

Início Notícias Tendências

5 grandes passos para a sustentabilidade

Será que lançar linhas sustentáveis ou usar determinadas matérias-primas em apenas alguns produtos é a estratégia mais eficaz para as marcas reduzirem a sua pegada ambiental? Um painel de especialistas, a convite da Footwear Distributors and Retailers of America, respondeu.

Lagom: a tendência que chega da Escandinávia

A região escandinava volta a tomar de assalto o vestuário para senhora. Na primavera-verão 2020, a tendência lagom, que significa na quantidade certa, vai dominar o guarda-roupa feminino, segundo a Fashion Scoop.

As marcas mais desejadas

A Lyst revelou a lista das insígnias mais procuradas pelos consumidores no segundo trimestre de 2019. A Gucci está de regresso ao primeiro lugar, seguida pela Off-White e Balenciaga.

A nova imagem da Burberry

Com novo diretor criativo, foco renovado, lançamentos mensais de produtos nas redes sociais e um novo monograma, a Burberry está a desligar-se do seu conhecido padrão xadrez. A mudança já está a ter resultados positivos, com a casa de moda a crescer 4% nas vendas comparáveis.

Festivaleiros doidos por compras

Há vários anos que as marcas têm vindo a criar artigos de moda especialmente para festivaleiros. Porém, os festivais de música estão a tornar-se cada vez mais importantes não apenas pelo que os consumidores compram para usar durante os eventos, mas também pelo que compram dentro do próprio recinto.

Segunda mão de luxo

Longe estão os dias em que comprar artigos em segunda mão era um ato associado a ações de caridade. Numa altura em que os consumidores mais jovens têm menos poder de compra e maiores preocupações éticas e ecológicas, o mercado de revenda cresce exponencialmente.

Quem é o consumidor de hoje?

Afinal, os millennials poderão não ser assim tão diferentes das gerações anteriores. Mais exigentes e altamente ligados às tecnologias, os mais jovens estão também sujeitos a maiores pressões do ponto de vista financeiro, o que acaba por afetar o modo como compram.

Os consumidores de 2021 – Parte 2

Criar novos mercados ou responder a necessidades de grupos menos representados, como os portadores de deficiência, e a desconfiança em relação à tecnologia e aos dados fazem parte das características de dois dos grupos de consumidores que marcas e retalhistas terão de ter em conta em 2021.

LGBT+ quer mais que o arco-íris

Numa altura em que as empresas se juntam às celebrações do mês do orgulho LGBT+, que se assinala em junho, aumentam as preocupações de que as marcas poderão estar a explorar as preferências sexuais dos cidadãos apenas com o objetivo do lucro.

Os consumidores de 2021 – Parte 1

Longe ainda do futuro de ficção científica imaginado há algumas décadas, a tecnologia e a evolução económica e social das diferentes regiões vão afetar a forma como as pessoas comprarão em 2021. Compressionalists, Kindness Keepers, Market Makers e Cyber Cynics são os quatro perfis de consumidores que se destacam.

Mais vistas