Tendências

Início Notícias Tendências

Azul clássico vai colorir 2020

O azul clássico com a referência 19-4052 veio roubar o lugar do coral v ivo na nomeação de cor do ano da Pantone. Em resposta a uma sociedade em constante evolução, o «azul resiliente» vem transmitir «calma, confiança e conectividade» para 2020.

A inclusão está na moda

Seguir tendências já não chega para cativar os consumidores. Corresponder às crenças e exigências tornou-se cada vez mais importante numa indústria em que a procura de 2019 foi marcada por critérios como sustentabilidade e inclusão.

Tendências de 2019 recuaram no tempo

Com a nostalgia de 1998 de volta ao presente, a plataforma de moda Lyst revelou as tendências mais procuradas do ano. As marcas de luxo Bottega Veneta e Gucci ocupam o pódio.

Consumo natalício mais jovem e tecnológico

Um novo estudo conclui que o segredo para os retalhistas impulsionarem as vendas na época natalícia é atender aos desejos dos consumidores mais jovens. A aposta foca-se em nova tecnologia, produtos amigos do ambiente e na melhoria dos métodos de entrega das encomendas.

O domínio da mulher

A oferta para moda feminina continua a dominar as coleções e mesmo as empresas que, como a TMG e a Paulo de Oliveira, tradicionalmente se dedicam ao homem, estão agora a abrir novas portas e criar propostas direcionadas especialmente para o género feminino.

Homem conquista espaço

Mais atentos à moda e ao que usam, os homens estão a impulsionar o mercado e, com isso, a expandir a oferta das empresas de tecidos para o universo masculino. Em Portugal, Albano Morgado, Penteadora, Adalberto e Gierlings Velpor são algumas das empresas que têm sentido uma maior procura neste segmento.

Cores do ano com significado

Responder à pergunta “qual é a cor do ano?” está cada vez mais difícil. As empresas lutam pela atenção do público e querem ter uma influência distinta no mercado. Cada uma escolhe a própria cor, o que faz com que a oferta seja variada. Significado e diferenciação não podem faltar.

Homem adota elegância virtual

Das viagens virtuais ao minimalismo elegante, são vários os conceitos que irão ditar o que os homens vão vestir na primavera-verão 2021. A influência do streetwear, a ousadia nos tecidos e a sustentabilidade das malhas são, segundo o gabinete de tendências WGSN, algumas das direções a ter em conta.

Mulher romântica e futurista

Entre o passado, o presente e o futuro, as tendências para a primavera-verão 2021 do WGSN cruzam o lado romântico mas também a versão futurista e angular no guarda-roupa feminino. A sustentabilidade reflete-se nos tecidos e as malhas assumem um brilho especial.

Desporto ganha velocidade

O desporto continua a ser uma influência fundamental na moda e nos consumidores. Atentas à tendência, as empresas portuguesas de tecidos e malhas estão a incluir nas suas coleções propostas mais casuais para servir este mercado em crescimento.

Mais vistas