Tendências

Início Notícias Tendências

Consumo em mutação

Independentemente das direções de moda ou da geração dos consumidores, há tendências de mercado que deverão influenciar a aquisição de roupa de criança, desde o orgânico ao vestuário adaptativo e às compras em segunda-mão.

Outono-inverno 2022/2023 entre dois mundos

Nos resquícios da pandemia, ao mesmo tempo que se adaptam a uma nova era, as tendências para a moda infantil da estação fria do próximo ano fazem a ponte entre o digital e a natureza, sem esquecer a procura pela sustentabilidade e a simplicidade, aponta o WGSN, que descreve três direções: Awestruck, Rerooted Nature e Supercharged Simplicity.

A Wishlist Black Friday dos portugueses

Para entender os desejos dos consumidores, a ELife elaborou um estudo sobre a Wishlist Black Friday nas redes sociais com recurso à ferramenta Buzzmonitor. A moda é a categoria mais desejada, seguida de cultura e entretenimento, de tecnologias e de automóveis.

O que procuraram os consumidores em 2021

O conforto, mas mais elevado, domina na lista dos artigos mais procurados na plataforma Lyst em 2021. Os jeans largos da Levi’s, um fato de noivo com saia de Thom Browne, uma sweatshirt com capuz cor de rosa da Pangaia e uma camisola às riscas de estilo náutico da & Other Stories estão entre os destaques.

Criança resiste

O vestuário infantil foi um dos segmentos mais resistentes durante a pandemia e, em Portugal, é um dos mais dinâmicos ao nível da criação de marcas, com referências como a Laranjinha, que este ano celebra 40 anos de atividade, a serem procuradas dentro e fora do país.

Três tendências para a primavera-verão 2023

Ingredientes naturais, ambiente de festa e desenvolvimento pessoal estão entre os temas que irão marcar a moda, a casa e os artigos de beleza na primavera-verão 2023, de acordo com a Fashion Snoops, que aponta que a incerteza dos últimos tempos se prepara para dar lugar à criatividade.

Brilho regressa às compras de Natal

Os retalhistas americanos acreditam que esta época de vendas retomará o ímpeto de 2019, apesar das preocupações com as cadeias de aprovisionamento e os transportes. Ainda assim, o regresso da opulência deverá marcar o Natal de 2021, a acreditar nos sinais já sentidos pelos grandes retalhistas.

A nova tendência de moda é roupa que não existe

Quem passa muito tempo no mundo digital parece ter algumas das preocupações triviais de quem vive no mundo real, como por exemplo “o que vestir?”. Há uma tendência que a pandemia acelerou – o metaverso online –, mas que pode não servir a todos os gostos nem bolsos, pelo menos ainda.

«O cenário de ouro é muito ambicioso»

Apesar de consciente de que o cenário mais positivo para 2030 é exigente e contempla a conjugação da capacidade de adaptação por parte das empresas e de alinhamento de políticas públicas, Mário Jorge Machado, presidente da ATP, assume-se otimista quanto ao futuro do cluster têxtil português.

Do consumidor para a indústria

As mudanças na sociedade estão a impulsionar alterações nos hábitos de consumo que, por sua vez, estão a obrigar a uma evolução do retalho. Fatores aos quais a indústria terá de se adaptar para prosperar no futuro.