Têxtil-Lar

Início Notícias Têxtil-Lar

Mundo rende-se à Têxteis Penedo

Os EUA são o principal mercado da Têxteis Penedo, que exporta praticamente toda a sua produção. O investimento em tecnologia e inovação tem permitido à empresa manter-se na vanguarda e conquistar clientes nos quatro cantos do mundo.

Piscatêxtil faz novas apostas

A produtora de têxteis-lar de Guimarães está a investir numa nova marca para vender apenas no canal online. O projeto, ainda a dar os primeiros passos, junta-se à vertente mais ecológica assumida na última coleção da Piscatêxtil, que exporta praticamente toda a produção para os quatro cantos do mundo.

Neiper pronta para os desafios

A aposta na sustentabilidade e os investimentos em novos teares são dois dos argumentos da Neiper para enfrentar um ano de 2019 que promete ser desafiante. A produtora de felpos, que no grupo emprega cerca de 200 pessoas, tem baterias apontadas para a exportação, tanto para a Europa como para os EUA.

Heimtextil 2020 já mexe

A feira de têxteis-lar da Messe Frankfurt encontra-se já a preparar a próxima edição e o primeiro passo está a ser dado nas tendências. O comité que vai definir as direções para 2020/2021 reuniu-se em março, o resultado deverá ser conhecido no final do verão e apresentado na Heimtextil em janeiro de 2020.

Inup soma mais um milhão

A empresa de têxteis-lar registou um aumento de 17% do volume de negócios em 2018 e tem como meta crescer a dois dígitos em 2019. Os EUA foram o principal mercado da Inup, que está também a somar clientes noutros continentes, nomeadamente na Ásia.

JF Almeida cresce 30% nos fios

A área de negócios dos fios da JF Almeida somou mais 1,5 milhões de euros em 2018, elevando a faturação para 6,5 milhões de euros. Um crescimento alavancado pelas exportações e pela inovação, onde se incluem projetos como o fio 360 JFA e o recente iHeatex, para têxteis-lar, que está em fase de desenvolvimento.

Coton Couleur ruma a Oriente

Os mercados asiáticos são um dos focos da empresa de têxteis-lar para 2019, que não descarta também a possibilidade de explorar os EUA. 100% exportadora, a Coton Couleur quer chegar aos clientes de nicho, para os quais aposta em produtos sustentáveis e de gama média-alta.

Têxteis-lar na via verde

Na mais recente edição da Heimtextil, a representação lusa apostou nas cores da Natureza, colocando a sustentabilidade no topo das preocupações tanto para a cama, como para o banho.

Cama amiga do ambiente

Os artigos das empresas portuguesas já não fazem só uma boa cama: fazem também bem ao meio ambiente, graças às preocupações desde as fibras aos processos de produção.

«A sustentabilidade é algo irreversível para nós»

Com a preocupação de ser “verde”, a Lameirinho foi uma das primeiras empresas a perseguir a certificação ambiental, ainda a sustentabilidade não era um tema em voga. Paulo Coelho Lima, CEO e neto do fundador da empresa, revela os planos da gigante dos têxteis-lar para o próximo ano, sempre pautados pelos valores “eco-friendly”.

Mais vistas