Têxtil-Lar

Início Notícias Têxtil-Lar

Heimtextil prima pela qualidade

O 50.º aniversário da feira internacional de têxteis-lar ficou marcado pelo mote qualidade acima de quantidade. A queda previsível do número de visitantes para 63 mil não foi suficiente para influenciar a sua satisfação relativamente aos cerca de três mil expositores que, este ano, colocaram a sustentabilidade no topo da agenda.

Heimtextil faz 50 anos

A próxima feira de têxteis-lar em Frankfurt, que se realiza de 7 a 10 de janeiro de 2020, será de festa. Na celebração da 50.ª edição, a Heimtextil deverá contar com cerca de 3.000 expositores de todo o mundo, que se poderão inspirar nas tendências apresentadas recentemente pelo Trend Council, sob o tema “Where I belong”.

Roupa de cama portuguesa com valor acrescentado

Portugal foi, em 2018, o segundo maior produtor e exportador de roupa de cama de algodão da União Europeia mas, mais significativamente, foi o país que exportou este tipo de produto ao preço mais alto. As conclusões do estudo da IndexBox apontam, contudo, para uma possível descida do consumo nos próximos sete anos.

Ambiente cresce nos números e nas novidades

De 7 a 11 de fevereiro o movimento não vai parar em Frankfurt. A feira de decoração Ambiente antecipa a presença de 136 mil compradores de 167 países e de cerca de 4.500 expositores provenientes de 92 países, entre os quais mais de 80 empresas portuguesas.

«Onde temos crescido é nas marcas»

As marcas têm sido um dos grandes motores de crescimento da Sorema. Posicionadas num segmento médio-alto, a Graccioza e a Sorema Bath Fashion representam já cerca de 50% das vendas da especialista em tapetes de banho, numa estratégia que, como revela o administrador Ricardo Relvas, é para manter.

Sustentabilidade dá mote à Domingos de Sousa

Com planos para impulsionar a marca epónima no próximo ano, a Domingos de Sousa tem somado aumentos anuais de 10%. A produtora de felpos, que vende tudo para exportação, está ainda a investir na sustentabilidade, uma área que deverá ter novidades a curto prazo.

Verticalidade é trunfo da J. Pereira Fernandes

Começou com os cobertores mas a J. Pereira Fernandes cobre agora não só a produção de artigos para a cama, mas também para a mesa e cozinha, numa estratégia que beneficia da integração vertical da empresa, que abarca todos os processos, do fio à confeção.

Têxteis Massal entre os EUA e a Ásia

A empresa de têxteis-lar, que assume nas suas propostas um toque italiano, vai investir na expansão nos EUA, com a presença, pela primeira vez, numa feira em Nova Iorque. Além dos clientes norte-americanos, a Têxteis Massal tem também na mira potenciais consumidores asiáticos.

Jobitex reforça produção

A empresa de têxteis-lar está a instalar uma nova linha de produção de almofadas que irá melhorar a eficiência e aumentar a sua capacidade industrial. Um reforço tecnológico que chega numa altura em que a Jobitex está mais competitiva nos mercados externos e a chegar a mais países.

Design diferencia Rodrilinea

30 anos depois de ter sido criada, a Rodrilinea tem nos mercados internacionais os seus grandes clientes, nomeadamente junto de designers de interiores que não dispensam o cuidado com os pormenores da especialista em roupa de cama. Chegar a novos compradores noutros países é um dos objetivos da empresa para 2019.

Mais vistas