Têxtil-Lar

Início Notícias Têxtil-Lar

Ministro da Economia distingue têxteis-lar

O Ministro da Economia deixou ontem palavras de apreço e de incentivo aos 33 expositores portugueses presentes no sector Premium da Heimtextil. Uma visita que só não teve nota máxima porque deixou de fora 42 expositores nacionais espalhados pelos restantes pavilhões.

Exportações de vento em popa

As exportações portuguesas de têxteis e vestuário subiram em ritmo acelerado em novembro.

Tintex soma prémios

Em estreia na Ispo Munich, a especialista em acabamento de malhas venceu a categoria “outerlayer” no Ispo Textrends Forum, onde colocou ainda mais sete produtos. Um sucesso que partilha com mais cinco empresas nacionais, todas elas com desenvolvimentos no top da inovação.

Ministro estreia-se na Heimtextil

Manuel Caldeira Cabral irá visitar a Heimtextil, a principal feira de têxteis-lar, a convite da ATP - Associação Têxtil e Vestuário de Portugal. A visita está agendada para a tarde do primeiro dia do certame, 12 de janeiro, e vai permitir que o novo Ministro da Economia contacte diretamente com os 75 expositores portugueses presentes em Frankfurt.

Mundo da casa na Heimtextil

De 12 a 15 de janeiro, a maior feira de têxteis-lar reúne, em Frankfurt, as propostas de mais de 2.700 expositores de todo o mundo, 74 dos quais com o selo do “made in Portugal”.

Indústria solidária

As associações sectoriais Anivec e Apiccaps juntaram-se numa ação solidária para o IPO-Porto, com as receitas do concerto TwoPianists – Nina Schumann & Luís Magalhães a reverterem para a instituição.

Algodão mais livre

Um acordo no âmbito da OMC vai permitir, a partir deste mês, a exportação para os países desenvolvidos de algodão cultivado nos países menos desenvolvidos sem taxas aduaneiras e sem quotas.

365 dias de mudança

Em Portugal e no mundo, o ano de 2015 foi, sobretudo, um ano de mudanças, que se refletiu na indústria têxtil e vestuário.

Algodão uzbeque sob escrutínio

O governo do Uzbequistão continua a recorrer ao trabalho forçado de adultos e crianças no cultivo e colheita de algodão, segundo sugere um novo relatório, que indica que mais de um milhão de cidadãos são obrigados, através de diferentes meios, a trabalhar nos campos uzbeques.

As conclusões da cimeira do clima

Uma das principais preocupações atuais do vestuário consubstancia uma atuação respeitadora dos trâmites do novo Acordo de Paris, consideram as vozes influentes do sector, que voltam a colocar a tónica nos efeitos negativos do aquecimento global não só nas matérias-primas, mas também no próprio modelo de negócio da indústria.

Mais vistas