Têxtil-Lar

Início Notícias Têxtil-Lar

UE e Turquia mais unidas

A modernização da união aduaneira, que vigora entre a União Europeia e a Turquia há duas décadas, é prioritária, a fim de reforçar os laços comerciais entre as duas regiões, destaca a Confederação Europeia de Têxteis e Vestuário (Euratex).

Etiópia no mapa do sourcing

A Etiópia tem atraído atenções internacionais como um potencial destino de aprovisionamento de vestuário ao longo dos últimos cinco anos – apesar dos resultados desapontantes das exportações. Porém, isto poderá estar prestes a mudar.

Clima afeta produtividade

Os centros de produção globais no sudeste asiático poderão testemunhar quedas acentuadas da produtividade laboral ao longo dos próximos 30 anos, devido ao impacto do aumento das temperaturas e stress decorrente do calor extremo, revela um novo relatório.

À porta de casa

São vários os desafios enfrentados pelas marcas e retalhistas de vestuário do Reino Unido na eminência da crescente tendência de aprovisionamento em território britânico, mas existem, também, diversas oportunidades, que poderão fazer deste regresso a casa uma trajetória recompensadora.

Entre a Índia e o Paquistão

A recompensa aguarda os empreendedores que arriscarem estabelecer pontes de união entre a Índia e o Paquistão. Porém, muitos questionam-se sobre se os interesses económicos comuns a ambas as nações poderão superar o passado turbulento da região.

TTIP levanta questões

Os grupos representantes de marcas e retalhistas de vestuário na UE e EUA identificaram várias questões relativas à etiquetagem e segurança dos produtos no âmbito do Acordo de Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP), que foram abordadas na 11ª ronda de negociações na semana passada.

O direito da roupa

As empresas portuguesas de vestuário estão a adotar diferentes modelos de negócio para aumentar a sua competitividade. Do lançamento de marcas próprias à incursão, pela primeira vez, no universo do private label, são muitas as fórmulas que estão a conduzir o sector ao sucesso.

O algodão não engana?

O governo da Índia será, uma vez mais, obrigado a comprar algodão diretamente aos produtores do país, pelo segundo ano consecutivo, na sequência de uma redução das importações chinesas, o seu principal mercado consumidor, contribuindo para a diminuição dos preços da fibra.

Quénia investe na ITV

O governo queniano identificou a indústria têxtil e vestuário (ITV) como motor do crescimento económico interno, integrada num vasto plano de transformação do país, que pretende conduzi-lo rumo à modernização.

Na rota do trabalho infantil

O recurso à mão-de-obra infantil continua a ensombrar a indústria têxtil e vestuário mundial, com centenas de milhões de crianças, das mais diferentes origens, envolvidas nesta atividade, como destaca o novo relatório do Departamento de Trabalho do governo dos EUA.

Mais vistas