Têxtil

Início Notícias Têxtil

Exportações aqueceram em agosto

Nos primeiros oito meses do ano, a indústria têxtil e vestuário exportou mais de 3,4 mil milhões de euros, um aumento de 5,72% face ao mesmo período do ano passado. Entre as categorias de produtos, o vestuário registou um crescimento de 7,8%, tendo ultrapassado os dois mil milhões de euros.

TMG Automotive aumenta produção

Para dar resposta a um novo contrato até 2026 com a Mercedes e ao aumento da procura, a TMG Automotive está a investir 45,5 milhões de euros numa nova unidade de produção nas míticas instalações do grupo empresarial em Famalicão, que deverá começar a laborar em janeiro do próximo ano.

Fibras dinâmicas

A forte aposta na fiação sentida em Portugal, com um reforço da produção, e a necessidade, cada vez maior, de incorporar fibras mais técnicas, de alto desempenho, para acrescentar valor aos têxteis e ao vestuário, estão a gerar uma procura crescente no mercado e, por consequência, a gerar grandes negócios.

Sustentabilidade fecha a década

Com um pé prestes a pisar uma nova década, a equipa do Portugal Têxtil/Jornal Têxtil convida-o a observar as principais transformações que marcaram 2019. Num balanço sobre o ano que deixamos para trás, o grande vencedor que, de uma forma geral, se destacou um pouco por toda a indústria têxtil e vestuário é a sustentabilidade.

Moda em modo sustentável

A Alfândega do Porto abraçou ontem a sustentabilidade. Especialistas na área, estudos sobre os consumidores, marcas ecológicas e empresas que assentam em valores de sourcing responsável estiveram no centro do debate na conferência Sustainability Talks, organizada pelo CENIT, que contou ainda com o testemunho das portuguesas Tintex, Scoop, Valérius e Riopele.

«A marca permite-nos aprender»

Assumindo que lançar marcas com um mercado doméstico tão pequeno não é fácil, Alberto Figueiredo, presidente do grupo Impetus, considera, contudo, que é possível para as empresas serem bem sucedidas nesta área e que a Internet, com as vendas online e as redes sociais, pode abrir portas para novas marcas de Portugal para o mundo.

China em apuros

O Império do Meio continua a garantir o estatuto de maior exportador de vestuário do mundo, mas o excesso de oferta, a subida dos custos com a mão-de-obra e o crescente protecionismo têm vindo a corroer a competitividade da China.

Trio português investe na segurança

A Milipol – uma feira dedicada à segurança interna – abre as portas amanhã e conta com três nomes nacionais. Penteadora, A. Sampaio e Heliotextil reúnem-se em Paris numa iniciativa privada inédita, onde vão partilhar o mesmo stand para promoverem as suas valências em conjunto.

O mundo plano

Itália e os EUA estiveram em foco na primeira conferência “Feiras de vestuário e moda no mundo”, onde foi ainda apresentado o projeto de internacionalização conjunto do CENIT que conta com mais do que apenas a presença em feiras internacionais para apoiar a indústria portuguesa da moda a vender ainda mais lá fora.

A sustentabilidade está na moda

A sustentabilidade está no topo das tendências da indústria têxtil e vestuário. Se ainda restavam dúvidas relativamente ao seu domínio, basta observar o crescimento exponencial do número de artigos com a descrição “sustentável”, que refletem a adaptação dos retalhistas a um consumidor mais consciente.