Têxtil

Início Notícias Têxtil

Texworld em contagem decrescente

Milhares de visitantes deverão encher os corredores do centro de exposições Paris le Bourget, de 10 a 13 de fevereiro, para descobrir as tendências para a primavera-verão 2021 e a oferta de cerca de 750 expositores internacionais, entre os quais estão duas empresas portuguesas.

Evo Fabrics regressa aos Descobrimentos

Dirigindo-se ao mercado de alta decoração e de exportação, a EVO Fabrics procura levar o made in Portugal ao resto do mundo, transmitindo o gosto e a criatividade nacionais. À imagem do bom português, a tradição mantém-se e, este ano, a marca apresenta a coleção Madeira, inspirada nos 600 anos de história da ilha.

Fibras duplicam mercado

A produção de fibras mais do que duplicou nos últimos 20 anos e as previsões apontam para que a procura continue a crescer, pelo menos até 2030, quando deverá atingir 140 milhões de toneladas. Em Portugal, a busca por fibras de valor acrescentado também está a subir.

Rifer no caminho da estamparia digital

O mercado da estamparia digital tem crescido a um ritmo acelerado nos últimos anos, impondo-se como uma das tendências do futuro para a indústria têxtil e vestuário. A Rifer junta-se agora à oferta portuguesa, depois de dois programas de investimento que totalizaram 3,4 milhões de euros.

Máquinas de futuro

O mercado da ITV é extremamente dinâmico e, em cada ano, novas necessidades ditam o ritmo da produção do sector. Investir em inovação tecnológica é, portanto, essencial para adaptar-se a essa realidade tornando uma empresa mais competitiva. O Jornal Têxtil convida-o, por isso, a participar no suplemento Máquinas de Futuro para que possa dar a conhecer os recursos tecnológicos que podem fazer toda a diferença na produtividade de uma organização.

Nova década à porta

O ano de 2020, acredita Rodrigo Siza Vieira, diretor-geral da Lectra para Portugal e Espanha, deverá confirmar a transformação do consumo e da indústria, nomeadamente na área tecnológica, depois de um 2019 que ficou marcado por uma aposta forte na sustentabilidade.

O futuro é dos têxteis técnicos

Com um enorme potencial de crescimento, muito dele ainda por descobrir, os têxteis técnicos poderão ser o garante de sobrevivência para muitas empresas em todo o mundo, afirma Michael Jaenecke, da Messe Frankfurt, que dá conta do forte avanço deste sector em países como a China e a Índia.

TMG com um pé na Alemanha

A MGC, a joint-venture que a empresa portuguesa tem com a inglesa Carrington Textiles, adquiriu a alemã Melchior Textil GmbH. O negócio reforça a posição das empresas na Europa, em particular nos mercados do centro, e alimenta a perspetiva de crescimento no mercado dos têxteis para vestuário de trabalho.

Preço do algodão em depressão

O algodão é uma das matérias-primas mais populares na indústria têxtil e vestuário, incorporado em cerca de 70% dos artigos produzidos dentro do sector. Contudo, o excesso de oferta relativamente à procura tem vindo a refletir-se no preço, que deverá atingir o valor mais baixo desde 2018/2019.

As três badaladas da Foot by Foot

Dormir nunca soube tão bem com os têxteis técnicos da Foot by Foot. A especialista em laminagem e revestimento com espuma lançou três produtos para a área de proteção de colchão e almofada: um regenerador de pele, um termorregulador e um antibacteriano e estabilizador dimensional.

Mais vistas