Têxtil

Início Notícias Têxtil

A reforma da ITV indiana

Os exportadores de vestuário da Índia receberam com um misto de otimismo e fricção a reforma económica e laboral do país, anunciada pelo governo no final de junho, que deverá criar um milhão de postos de trabalho e um aumento de 9,5 mil milhões de dólares (aproximadamente 8,6 mil milhões de euros) nas exportações ao longo dos próximos três anos.

Exportações aceleram em maio

Nos primeiros cinco meses do ano, o comércio internacional de vestuário atingiu 1,28 mil milhões de euros, mantendo a tendência de crescimento que se prolonga desde o início do ano. A categoria de vestuário em malha foi a grande impulsionadora do aumento das exportações do sector.

Gulbena reforça negócio

A Imprimis by Gulbena está a investir no aumento de capacidade, com a aquisição de um terceiro equipamento para alavancar o crescimento no mercado da estamparia digital. A entrada em novos mercados, nomeadamente os países do Norte da Europa, encontra-se igualmente na linha de mira da empresa portuguesa.

Terrorismo assombra ITV

Alguns líderes da indústria de confeção do Bangladesh – avaliada em 26 mil milhões de dólares [aproximadamente 23,3 mil milhões de euros] – temem que os retalhistas ocidentais possam vir a repensar os seus laços com o segundo maior exportador mundial de vestuário, depois de um recente ataque terrorista ter tirado a vida a 20 civis, a sua maioria estrangeiros, em Daca.

Crescimento à vista na Coltec

“Semear para colher” parece ser o lema adotado nos últimos anos pela Coltec. A empresa portuguesa especialista em laminagem tem vindo a realizar novos investimentos em tecnologia e a diversificar a sua oferta, nomeadamente na área da moda, para continuar a crescer.

Albano Morgado ganha mundo

Ainda com grande parte das vendas concentradas em Portugal, a Albano Morgado aumentou a quota de exportação de 20% para 55% em apenas oito anos. Os EUA e o Japão são a grande aposta para 2016 da produtora portuguesa de tecidos.

Modatex: venham mais cinco

No dia 1 de julho, sexta-feira, o Modatex comemora cinco anos de existência com os olhos postos nos próximos cinco. Fiel à sua herança, a instituição continua a alargar o raio de ação no país, com alunos que vão desenhando o destino aquém e além fronteiras.

O renascer da ITV em Angola

O conglomerado japonês de trading e investimento Marubeni Corp estabeleceu uma parceria com a consultora americana Werner International para juntos reabilitarem uma fábrica têxtil em Angola que irá produzir malhas e denim. Este projeto é parte integrante de um plano a longo prazo do governo angolano para restaurar a indústria têxtil e de vestuário do país, que sofreu um declínio considerável com a Guerra Civil do país, entre 1975 e 2002.

LMA pensa fora da caixa

Com o core business centrado no desporto, a LMA tem investido cada vez mais na moda – a tendência atual do athleisure parece ter sido criada à imagem da empresa produtora de malhas e tecidos de Rebordões –, mas sem nunca esquecer a inovação intrínseca ao seu ADN.

Cotex supera todas as provas

O fenómeno da globalização colocou a Cotex à prova, mas a produtora portuguesa de rendas, fundada em 1975, soube adaptar-se, adquirir novas valências e conquistar outros segmentos de mercado. Zara e Dolce & Gabbana são apenas dois dos nomes internacionais que já não dispensam a criatividade da Cotex nas suas coleções.

Mais vistas