Vestuário

Início Notícias Vestuário

Olmac vence na diversificação

Começou pelos pijamas, mas a leitura do mercado levou a empresa fundada por Olímpio Miranda a acertar as agulhas para o vestuário técnico, num percurso de quase 40 anos que a colocou como uma referência incontornável para uma carteira de clientes onde constam marcas como a Mammut e a Fjällräven.

Perff aquece mercado nacional

Apresentada na semana passada, a nova marca de athleisure 100% “made in Portugal” saltou os primeiros passos e já corre com vontade de alcançar novos segmentos de mercado. O design aliado à performance e o comércio eletrónico são músculos a exercitar pela Perff.

Brasil à descoberta da ITV lusa

Uma delegação de empresários e entidades do Estado de Pernambuco esteve esta semana em Portugal para conhecer a realidade da ITV nacional e levar os bons exemplos para o Brasil, numa interação que teve igualmente como objetivo estreitar laços e reduzir a distância entre os dois países.

Os homens estão cada vez mais bonitos

De acordo com os dados recentemente recolhidos e analisados pelo Barclaycard, os homens gastam mais dinheiro por mês em moda e beleza do que as mulheres – preferem, contudo, fazê-lo entre cliques.

Miguesana revela ambição

Levada pela mão da irmã mais velha JVP, a Miguesana tem vindo a conhecer o mundo pelo próprio pé, mas quer mais. Fundada em 1995, a especialista em malhas exteriores de homem, senhora e criança está apostada em recuperar mercados perdidos para a força da globalização e duplicar a faturação.

O paradoxo da Farfetch

Os resultados divulgados esta semana mostram que, de 2015 para 2016, a startup unicórnio de José Neves registou o melhor ano de sempre na faturação. Por outro lado, em 2016, a retalhista de luxo online enfrentou também o pior ano em termos de rentabilidade.

A alta-costura da Paula Borges

O atelier industrial Paula Borges «soma e segue». Antecipando um crescimento de 10% comparativamente a 2016, a empresa mune-se das competências associadas à qualidade premium e à capacidade de resposta, para se evidenciar no nicho de mercado da alta-costura.

Como fechar o ciclo da moda?

Numa altura em que as marcas se esforçam por vestir a camisola da sustentabilidade, começam também a ser dados os primeiros passos para fechar o ciclo da moda, particularmente através da reciclagem e da reutilização da roupa.

Consumidores preferem fibras sintéticas

Até 2025, a procura dos consumidores por artigos têxteis obtidos a partir de fibras sintéticas tende a crescer a um ritmo mais acelerado do que a procura por fibras naturais como o algodão.

Os novos trunfos da Fiorima

A produtora de meias Fiorima tem novas tecnologias que abrem mais possibilidades às equipas de design, desde biqueiras e calcanhares jacquard em cinco cores a bolsos interiores em peúgas.

Mais vistas