Início Notícias Têxtil

CE quer jovens na ITV nacional

A campanha “Open Your Mind”, promovida pela Comissão Europeia, iniciou uma nova fase apesar do contexto de pandemia. O projeto tem como objetivo atrair jovens para trabalharem em sectores económicos estratégicos, como têxtil e vestuário, e já arrancou em formato digital, com um conjunto de webinars.

Hélder Maias, Ana Sousa, Hugo Costa e Paulo Gonçalves

“Open Your Mind” é o mote que dá vida à campanha promovida pela Comissão Europeia (CE) através da EASME (Executive Agency for Small and Medium-sized Enterprises) e da DG GROW (Directorate General for Internal Market, Industry, Entreperneurship and SMEs), cujo o objetivo é atrair jovens com idades inferiores a 30 anos para sectores como o têxtil, vestuário, curtumes e calçado.

A nova realidade originada pelo Covid-19 levou a iniciativa destinada a alunos do 9º ao 12º ano, em idade de decisão de carreira, para o palco digital, congregando presenças de várias empresas, centros de formação e profissionais do sector que, de outra forma, não teriam tido a possibilidade de intervir por questões de logística e de adaptação às normas de distanciamento social. O mesmo acontece com o número de participantes, que atingiu um registo total de 200 alunos que, deste modo, não foram defrontados com um número limite de vagas.

Gonçalo Santos da APIC – Associação Portuguesa dos Industriais de Curtumes, José Manuel Castro do Modatex – Centro de Formação Profissional da Indústria Têxtil, Vestuário, Confecção e Lanifícios e Paula Gil do CFPIC – Academia Design e Calçado foram os oradores que inauguraram o evento digital com o primeiro webinar. O segundo juntou nomes como Ana Sousa da Vandoma, empresa exportadora de gravatas, Hélder Maias do grupo Procalçado, detentor das marcas For Ever/Wock e Lemon Jelly, e ainda o designer de moda Hugo Costa. Os webinars foram mediados por Paulo Gonçalves, diretor de comunicação da APICCAPS, e Martinho Oliveira, um dos embaixadores da campanha em Portugal.

Esta campanha está também a ser implementada com o mesmo propósito em mais cinco países – Espanha, Itália, Roménia, Polónia e Alemanha –, por terem um peso significativo nas exportações da Europa, juntamente com Portugal, o que perfaz um total de seis países em que a iniciativa se encontra em vigor.

Áreas estratégicas

A campanha “Open Your Mind” surge no âmbito do “Projeto de cooperação sectorial em skills: carreiras nos sectores têxtil / vestuário / couro / calçado” e pretende «desconstruir preconceitos associados a profissões com grande tradição na Europa e, em simultâneo, incentivar os jovens a percecionar de forma promissora as oportunidades de trabalho em sectores com grande peso na economia portuguesa», explica o comunicado, que destaca que as áreas da indústria têxtil, vestuário, calçado e peles são estratégicas por representarem um volume de negócios anual de 200 mil milhões de euros, empregando 2,2 milhões de pessoas em 225 mil empresas.

José Manuel Castro, Paula Gil, Paulo Gonçalves e Gonçalo Santos

«A captação de talento jovem torna-se essencial numa altura em que a inovação, as tecnologias digitais e a sustentabilidade são cada vez mais imprescindíveis nestas indústrias», pode ainda ler-se.

Em planeamento estão ações para os Institutos Politécnicos de Lisboa e Leiria e também divulgações nas escolas secundárias.