Início Arquivo

Celebridades apostam nos interiores

Uma mulher elegantíssima chega a uma loja de roupa interior. Calça uns sapatos Jimmy Choo, um vestido Prada e uma famosa carteira Dior. Com um penteado impecável e uma maquilhagem perfeita, entra no provador e a desilusão é aterradora, porque a roupa interior em nada se adequa à exterior. Um cenário que, anteriormente era muito frequente, se encontra aora em extinção, na medida em que cada vez mais mulheres investem em roupa interior bonita como a forma mais eficaz de reafirmar a sua feminilidade. Provavelmente, por esse motivo, muitos são os criadores de moda, que procuram dar “status” à alta-costura, com a criação de lingerie de luxo. Christian Lacroix e Jean Paul Gaultier criaram sofisticadas linhas de roupa interior, enquanto que outras marcas de renome como Armani, Calvin Klein e Donna Karan preferiram criar colecções dirigidas a um público mais vasto. Por outro lado, muitas celebridades também lançaram linhas de roupa interior que reflectem o seu próprio estilo e identidade enquanto mulheres. A cantora norte-americana Jessica Simpson, por exemplo, lançou uma proposta de roupa interior que, segunda a própria, tem a meta de fazer qualquer mulher sentir-se sensual ou infantil, dependendo do ânimo e da ocasião». Já a cantora Janet Jackson associou-se ao designer Bruno Schiavi para criar uma colecção de lingerie repleta de laços e com a denominação de “Pleasure Principle”. Kristin Davis, a conhecida actriz da série Sexo e a Cidade, anunciou o lançamento de uma colecção muito feminina, desenhada expressamente para mulheres que esperam que a sua roupa interior esteja sempre à sua altura; e até o “body” Elle Macpherson lançou a sua marca “Intimates”. A estilista Stella McCartney lançou, em 2008, uma linha de lingerie que rapidamente se converteu num objecto de culto no Reino Unido, ao conseguir unir o doce ao sensual. A colecção de Primavera/Verão 2009, que se venda nas lojas “Stella” e multimarca, inspira-se na inocência infantil. A palete de cores é a mesma, que Stella tem vindo a utilizar em todas as suas colecções: rosa, azul, cinzento, creme e preto. Os materiais são suaves e os designs subtis, sendo de destacar que a criadora apostou ainda na utilização de algodão orgânico. Apostando na criação de uma linha de lingerie para corpos reais e oferecendo uma solução para as mulheres, que tal como ela própria, têm um peito saliente», a modelo britânica Kelly Brook desenhou uma linha de roupa interior para a cadeia de moda New Look. Tal como na sua linha de roupa de praia lançada em 2006, a modelo apostou no glamour dos anos 50, reforçando o equilíbrio daquilo que fica à vista e do que deve ficar escondido. Para a actriz e cantora Jennifer Lopez, a roupa interior tem um objectivo simples: fazer com que as mulheres se sintam belas na hora da conquista». Por consequência, lançou em 2005, com o grupo Warnaco, a sua linha de lingerie sustentada em três conceitos básicos: feminilidade, vitalidade e cor. Já Evangeline Lilly, a actiz que interpreta Kate na série Lost, lançou Favela*R, uma colecção de 2 mil peças que está à venda no Ebay Giving Works – a filial solidária do conhecido portal americano eBay. Uma percentagem das vendas dos produtos reverte para a Task Brasil, uma ONG brasileira que apoia crianças e adolescentes com dificuldades. No eBay apresentamos esta preciosa lingerie inspirada no Brasil, como forma de agradar não só o consumidor com peças bonitas e de qualidade, mas também para apoiar uma causa justa», salientou a actriz. Uma vez que o objectivo da colecção passa por chegar a um grande número de pessoas, a mesma inclui praticamente todo o tipo de cortes, cores e estilos. Mais uma vez, as celebridades demonstram que estão prontas a apostar em diferentes áreas em prol da exploração de mercados que lhes agradam. Os clientes agradecem tamanha escolha na hora da preciosa compra…