Início Notícias Tecnologia

CES revela inovações no vestuário

O Consumer Electronics Show, mais conhecido por CES, mostrou as grandes inovações em diferentes áreas e sectores. O vestuário não foi exceção, com novidades ao nível da inteligência artificial e tecnologias wearable.

bHaptics [©bHaptics]

Considerada a maior conferência internacional de tecnologia, o CES 2022, que decorreu de 3 e 8 de janeiro em Las Vegas, nos EUA, foi o palco escolhido por várias grandes marcas para revelarem as suas mais recentes soluções. O Just Style fez a seleção das mais inovadoras na área do vestuário.

Inteligência artificial

A suíça Animatico criou um avatar que pode ser usado pelos retalhistas de vestuário para criar experiências de consumo únicas na loja ou como parte de campanhas de marketing. Os avatares expressam emoções e usam formas não-verbais para comunicar com os utilizadores, algo possível graças à combinação de inteligência artificial com tecnologia avançada de sensores.

Animatico [©Animatico]
Já a solução desenvolvida pela iDiction tem como objetivo resolver os problemas de custos na indústria de vestuário. A equipa implementou a tecnologia para medir o tamanho corporal através de um algoritmo de inteligência artificial e acredita que a tecnologia pode ser usada nas indústrias da moda, bem-estar, cuidados de saúde, jogos e metaverso. A empresa usou a tecnologia para criar três soluções: uma app para medir o corpo batizada SizeIt; uma solução customizada de automação de produção de vestuário, denominada SizeDB; e uma solução de recomendação de moda da Body Analysis a que chamou Size talk.

O Tapp.online, por seu lado, torna o papel inteligente ao integrar sensores, baterias impressas e microchips que podem ser aplicados às etiquetas usadas no vestuário. O papel torna-se interativo ao ligar-se com a Internet das Coisas, que fornece a escala, flexibilidade e mensurabilidade que o papel inteligente tem para oferecer. Atualmente consegue medir a temperatura, a humidade (tanto a relativa como a absoluta), choques e inclinação.

Wearables

A tecnologia wearable está a trocar os pulsos pelos dedos, a acreditar no novo dispositivo Circular, que analisa os sinais vitais durante o sono. A tecnologia explica que parâmetros impactam o sono e como isso se correlaciona com a vida quotidiana. O Circular apoia os utilizadores na sua jornada para melhorar a sua qualidade de sono e faz recomendações através de uma app.

Posture 360 [©Posture 360]
Já a Posturesense Smart Shirt da Posture 360 é descrita como uma peça de vestuário quotidiana que pode ser usada quando as pessoas treinam ou como camisola interior para evitar que os consumidores tenham más posturas. Foi ergonomicamente desenhada para puxar, de forma suave, os ombros para uma posição correta quando sentado ou em pé, ao mesmo tempo que ativa os músculos para envolver o tronco. Um Posture Sensor é colocado na camisola para conforto e funcionalidade ótimos. O utilizador liga o Posture Sensor à app Posture360 e recebe alertas para se lembrar de estar corretamente sentado ou em pé.

Quanto à Wondercise, é descrita como sendo a primeira marca de wearables do mundo que se liga a um programa de fitness para permitir aos consumidores analisar e comparar os seus movimentos com o do treinador quando e enquanto treinam. A pulseira permite modos de treino e de batalha para quatro jogadores com wearables compatíveis e é suportada pelos relógios da Apple e da Garmin.

Por último, o Just Style destaca a bHaptics. A empresa que fornece vestuário inteligente que liga jogadores com o seu mundo virtual através de um feedback tátil significativo está a lançar a TactGlove, uma luva inteligente equipada com 10 compressores lineares ressonantes que podem ser controlados individualmente. A luva é compatível com sistemas à base de câmaras, como o equipamento de realidade virtual Meta Quest e o Leap Motion da Ultraleap.

Wondercise [©Wondercise]