Início Destaques

Chanteclair digitaliza-se para fazer máscaras

A produtora francesa especialista em vestuário em malha transformou a sua produção para manter a atividade e responder à crescente procura de máscaras de proteção, tendo implementado uma solução completa, do design à sala de corte, da Gerber Technology.

[©Gerber Technology]

Fundada em 1973 pelo casal Yannick e Jean-Pierre Chanteclair, a Bonneterie Chanteclair especializou-se na confeção de vestuário em malha e ostenta orgulhosamente a certificação Origine France Garantie, que garante que a produção é feita em França.

Com uma história de sucesso, a pandemia veio mudar os planos da empresa, com o diretor-geral da Bonneterie Chanteclair, Thomas Delise, a analisar novos recursos para manter a empresa a funcionar e proteger os seus funcionários. A decisão foi no sentido de produzir uma máscara de proteção de elevada qualidade com um filtro HEPA, que tem, segundo indica, uma capacidade de filtragem superior a 90% das partículas de 3 µm, tendo garantido a certificação “Usage Non Sanitaire catégorie 1” da Direction Générale de l’Armement, a entidade responsável em França pela certificação de máscaras sociais.

A máscara, que foi também escolhida pelo Presidente Emmanuel Macron, começou a ser pedida por diversas entidades da administração regional e, em resposta, a empresa criou um website para vendas B2B e diretas ao consumidor. A procura elevada, contudo, exigiu que a Bonneterie Chanteclair atualizasse os seus equipamentos e, para isso, a empresa recorreu à Gerber Technology, que acaba de assinar um memorando de entendimento para a sua aquisição pela Lectra.

«Sabemos que a digitalização e atualização não são fáceis. São processos muito complexos que exigem vários passos», afirma Olivier Austin, diretor de vendas de soluções digitais para França da Gerber Technology. «A nossa equipa trabalha com os nossos clientes para identificar as suas necessidades e ajudá-los a implementar as tecnologias certas que sejam mais benéficas para eles», explica.

Just-in-time é o próximo desafio

A Bonneterie Chanteclair optou pela solução completa da Gerber Technology, que inclui as soluções AccuMark, para o desenho dos moldes, AccuPlan e AccuNest, para os planos de corte, e a Gerber Paragon, para o corte. Segundo o comunicado da  Gerber Technology, «com a solução completa da Gerber, a Chanteclair foi capaz de responder à elevada procura por máscaras num curto espaço de tempo, o que foi crítico para ajudar a sua comunidade a combater o Covid-19», assim como a manter as suas portas abertas. Atualmente, segundo a informação disponibilidade no website da Bonneterie Chanteclair, a empresa tem uma capacidade de produção entre 200 mil e 300 mil máscaras por semana.

Emmanuel Macron à esquerda com a máscara da Bonneterie Chanteclair [©Présidence de la République France]
«A Gerber tem dado um enorme apoio neste processo», revela Thomas Delise. «A sua tecnologia inovadora e equipa de especialistas tem sido fundamental na nossa transformação. Fomos capazes de digitalizar efetivamente todo o nosso workflow num curto espaço de tempo, o que é, de facto, extraordinário», aponta.

Em março, a Gerber Technology criou a PPE Task Force que ajudou já 1.700 empresas a fazerem uma transição semelhante à da Bonneterie Chanteclair para produzir equipamentos de produção individual.

Reconhecendo as vantagens da tecnologia na sua cadeia produtiva, a Bonneterie Chanteclair planeia reforçar as suas mais-valias no pós-pandemia, estando a estudar o desenvolvimento da produção just-in-time para responder mais facilmente às exigências dos seus clientes e acompanhar o desafio da customização.