Início Arquivo

China aumenta a importação de lã

De acordo com os dados apresentados pelo gabinete de alfândegas chinês, o valor total das importações da China de lã em cru e semi-processada com origem nos principais países produtores de lã registou uma subida significativa em Junho de 2004, relativamente aos níveis registados em Junho de 2003 (cujos resultados foram negativamente influenciados pelo SARS). Este crescimento mensal mantém a tendência altista verificada desde Fevereiro do corrente ano, reflectindo a recuperação dos escassos stocks existente na cadeia de fornecimento chinesa.

As importações chinesas de lã australiana registaram valores significativos em Junho. O elevado aumento que se tem registado em 2004, no volume de lã importada pela China, foi impulsionado pelo menor preço da lã em dólares, ao qual a moeda chinesa se encontra indexada, em conjunto com a recuperação das vendas após a eliminação dos receios associados com o SARS, e a recuperação da procura por parte de alguns dos principais mercados dos lanifícios chineses.

A Nova Zelândia, segundo principal fornecedor de lã para a China, também registou uma subida, relativamente a 2003, embora não de forma tão significativa como a verificada com as importações com origem na Austrália. Também o Uruguai beneficiou do aumento da procura chinesa, encontrando-se na terceira posição, em termos de volume, entre os principais fornecedores da China.