Início Arquivo

China recebe marcas portuguesas

Na segunda edição da Interior Lifestyle China – a única feira da região para produtos e acessórios para a casa – Portugal apresenta-se com cinco marcas têxteis dispostas a convencer os milhares de compradores que passarão pelo recinto do Shanghai Exhibition Centre da qualidade, inovação, design e muito bom gosto dos artigos de têxteis-lar nacionais. Home Concept, Gierlings Velpor, Dilina Têxteis, Innovar e Naturapura partem à descoberta do mercado chinês com o apoio da Associação Selectiva Moda e do QREN, onde vão apresentar os seus produtos entre os mais de 180 expositores com lugar reservado na feira. Os expositores internacionais são, de resto, numerosos e, para além de Portugal, a feira conta com delegações provenientes da Alemanha, Espanha, França, Reino Unido, Japão ou ItÁlia, que se irão dividir pelas três temÁticas diferentes de produtos e artigos: “Dining”, “Giving” e “Living”. Na vertente “Dining” vão estar patentes artigos em vidro, porcelana, cerâmica, produtos e outros utensílios domésticos relacionados com a mesa e a cozinha; a “Giving” darÁ um destaque especial aos artigos de interior para casa, onde os visitantes poderão encontrar artesanato, velas, produtos e acessórios de decoração, entre outros itens para oferta; e no “Living” destacam-se peças de mobiliÁrio e acessórios, espelhos, molduras para fotos ou quadros e acessórios para jardins. Entre as novidades desta segunda edição da feira organizada pela Messe Frankfurt em cooperação com a United Asia International Exhibition Co, destaca-se uma mostra do “On Design”, o evento que tem lugar anualmente na feira Ambiente, em Frankfurt, e onde os visitantes poderão encontrar o trabalho de designers locais e internacionais como Ineke Hans, da Holanda, Jason Miller, dos EUA, Sebastian Bergne, do Reino Unido, Dieter Brell, da Alemanha, ou Jamy Yang, da China, entre outros. A organização preparou também um Comité de Especialistas, formado por representantes dos 300 maiores retalhistas e department stores chineses, que terÁ como missão avaliar a eficÁcia da feira como canal de negócio, além de organizar delegações de compradores de toda a China continental para visitarem a feira. Uma iniciativa que potencia ainda mais as oportunidades de negócio num mercado em rÁpido crescimento. No primeiro semestre de 2007, as vendas mensais de artigos de decoração e interior na China aumentaram 54% em relação ao mesmo período do ano anterior e as vendas de retalho totalizaram os 9 mil milhões de dólares nos primeiros 11 meses de 2007. Um crescimento resultante do aumento dos rendimentos médios da população e do êxodo para as cidades, que tem levado a que cerca de 20 milhões de pessoas se mudem das zonas rurais para as zonas citadinas, alterando, assim, profundamente a sua relação com a casa.