Início Arquivo

CITEVE promove II Encontro Marcação CE

Sensibilizar e informar actuais e potenciais responsáveis técnicos e utilizadores de Equipamentos de Protecção Individual (EPI) é o principal objectivo do II Encontro Marcação CE no Vestuário de Protecção que o CITEVE (Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal) promove, no próximo dia 28 de Novembro (quinta-feira). Segundo Assunção Mesquita, coordenadora do ON-CITEVE, «actualmente verifica-se ainda no mercado nacional um profundo desconhecimento quanto à Marcação CE e a todo o universo dos EPI – por exemplo, que tipo de EPI deve ser usado para cada um dos diversos riscos profissionais. Face à necessidade urgente de desenvolver mecanismos eficazes de divulgação junto de fabricantes, compradores e utilizadores, o CITEVE, enquanto Organismo Notificado (ON) para vestuário de protecção e protectores de mãos e braços, decidiu dar sequência a uma iniciativa que teve a sua primeira edição em 1999». Este encontro, que decorrerá ao longo de todo o dia 28, dirige-se essencialmente a empresários, consultores, responsáveis de aprovisionamento e de higiene e segurança no trabalho, para além dos utilizadores de EPI, tais como, funcionários das autarquias, bombeiros e profissionais das indústrias metalúrgica, química, construção civil, entre outros. Deste II Encontro Marcação CE no Vestuário de Protecção fará também parte uma exposição na qual várias empresas que já comercializam Equipamentos de Protecção Individual a nível nacional vão exibir os seus produtos; um espaço temático onde os visitantes terão acesso a informação de carácter técnico, nomeadamente a associada aos EPI; e uma passagem de modelos onde irão desfilar diferentes EPI, permitindo aos visitantes identificar a gama de EPI para um determinado tipo de riscos, bem como avaliar as características técnicas dos materiais usados. No final do desfile – que contará, entre outros, com a participação da “top-model” Evelina Pereira – está agendada uma sessão de encerramento/debate, de carácter informal, para sensibilização da importância do uso de EPI, nomeadamente através do enquadramento de Portugal no seio dos restantes países da UE. Com intervenções de responsáveis do IDICT – Instituto de Desenvolvimento e Inspecção das Condições de Trabalho e do ON-CITEVE pretende-se também contribuir para uma maior adesão das empresas dos STV para o desenvolvimento e produção de EPI, apresentando-lhes informação sobre a evolução deste mercado.