Início Notícias Calçado

Coach compra Stuart Weitzman

A retalhista de calçado, carteiras e acessórios Coach Inc anunciou a compra da Stuart Weitzman à empresa de private equity Sycamore Partners por 574 milhões de dólares (485,9 milhões de euros), incluindo um pagamento imediato de 530 milhões de dólares em dinheiro e até 44 milhões de dólares em pagamentos futuros com base em metas de volume de negócio. O analista do UBS Investment Bank, Michael Binetti, sublinha que «no papel, o negócio parece razoável. Está ligada aos ganhos por ação e a Coach pode aproveitar a marca forte da Stuart Weitzman e a sua recente expansão de rede internacional», sobretudo a presença da marca na Europa, onde a Coach tem sentido dificuldades. Mas, acrescenta, «temos preocupações sobre a complexidade [da Coach] tentar executar a sua primeira aquisição de sempre, ao mesmo tempo que tenta reparar os danos significativos no seu negócio principal de carteiras». Também destaca que, embora o negócio possa acrescentar 0,04 dólares aos ganhos por ação, dependendo do financiamento, a Coach irá pagar o valor inicial de 530 milhões de dólares em dinheiro – mas quase metade desse dinheiro está fora dos EUA. «Embora a Coach possa inicialmente pagar usando a sua linha de crédito (aproximadamente 1,5% taxa de juro), acreditamos que eventualmente terá de lançar dívida tradicional para financiar a transação», acrescenta. O negócio, que está sujeito às condições habituais, deverá ficar concluído em maio. «A médio prazo, estamos ansiosos por avançar com o desenvolvimento mundial da marca Stuart Weitzman, sobretudo aproveitando a infraestrutura internacional e conhecimento em carteiras e acessórios da Coach», revelou o CEO da Coach, Victor Luis. Já Stuart Weitzman, diretor criativo e presidente do conselho de administração da Stuart Weitzman Holdings, afirma que a Coach irá ajudar a marca com a sua infraestrutura, ajudando a aumentar a eficiência e a expandir o seu mix de produto para uma base de consumidores mais alargada. Weitzman vai continuar as suas atuais funções, juntamente com Wayne Kulkin, CEO da Stuart Weitzman, e o resto da equipa de administração. A Stuart Weitzman comercializa os seus produtos em lojas especializadas e grandes armazéns de gama alta e nas suas próprias lojas nos EUA e na Europa. No ano terminado a 30 de setembro, a empresa registou um volume de negócios de cerca de 300 milhões de dólares. A Sycamore Partners comprou a Stuart Weitzman há um ano como parte da compra do The Jones Group, no valor de 2,2 mil milhões de dólares. Em abril, a empresa de private equity revelou a separação do Jones Group em quatro empresas independentes: Nine West Group, uma empresa de jeanswear a ser batizada posteriormente, a Jones New York e o Kasper Group. A Coach não foi a única empresa interessada em comprar a Stuart Weitzman. As primeiras notícias davam conta que a empresa de private equity Advent International e o negócio de calçado Brown Shoe Company estavam também na corrida pela compra da marca.