Início Arquivo

Comerciantes migram para Xiqiao

A Cidade Têxtil de Xiqiao é um dos quatro maiores centros de comércio grossista na China. Situada num local famoso em Nanhai, Guangdong, na margem do rio Xijian, a Cidade Têxtil fica perto de Foshan, Shenzhen, Zhuhai, Dongguan e de outras cidades de médias e grandes proporções. Bem servida por caminhos de ferro, expressos e auto-estradas de primeira classe, Xiqiao está somente a 20km do Aeroporto de Foshan e a 30km do aeroporto internacional de Guangzhou. Com este tipo de vantagens a cidade desenvolveu-se, tornando-se na maior base de produção e distribuição têxtil no sul da China. A indústria têxtil em Xiqiao arrancou durante a dinastia Tang e atingiu o seu auge na dinastia Ming. Em Janeiro de 1996, o governo de Xiqiao gastou mais de 74,34 milhões de euros construindo a Cidade Têxtil num distrito recentemente desenvolvido. Com uma área de construção de 380.000m2, a Cidade Têxtil tem cerca de 3500 lojas. É o modelo de um centro de comércio e dizem ter o melhor ambiente comercial do país. Para além das três secções especializadas em negociar tecidos, denim e estofos, também tem secções de retalho, material cru e acessórios. A Cidade Têxtil está bem servida no que diz respeito a centros de logística, hotéis, instalações comerciais e industriais, consultores fiscais, serviços de segurança, serviços legais e de notariado, bem como instituições bancárias – que suportam todo o tipo de serviços comerciais – e transportes. Há diversas empresas de transporte de carga na Cidade Têxtil. Eles têm que pagar ao comité administrativo entre os 12 mil euros e 24 mil euros em depósitos de segurança, para assegurar que a indemnização é paga em caso de estragos ou quedas no percurso do transporte. As taxas de frete são calculadas de acordo com a distância e o peso. O esforço do Governo também se nota no mercado têxtil. A indústria têxtil em Xiqiao emprega mais de 60 mil pessoas. Em anos recentes, o governo local aumentou os seus esforços para atrair talentos e para dotar a indústria com as novas tecnologias de ponta. As duas mil empresas têxteis privadas na cidade têm sido alvo de ajudas financeiras (526 milhões de euros) para a compra de teares silenciosos e para a contínua transformação tecnológica. Assim os fabricantes têxteis têm conseguido melhorar a qualidade e a variedade dos seus produtos. Mais de três milhões de comerciantes domésticos – bem como negociantes do Japão, Canadá, América, Itália, Índia, Singapura, Coreia, Rússia e outros clientes – deslocam-se a Xiqiao todos os anos para fazer negócio, com transacções anuais a superarem os 1,24 milhões de euros. O volume de negócios chegou a atingir os 1,97 milhões de euros em 2001. O comité de administração da Cidade Têxtil adiantou que as vendas são conduzidas de várias formas. Os pagamentos das grandes transacções são feitos através de transferências bancárias enquanto que as transacções mais pequenas são levadas a cabo com dinheiro. Para além dos operadores locais, investidores de todo o país, bem como de Hong Kong, Macau e outros países como Singapura, também implementaram os seus negócios na Cidade Têxtil. Os tecidos para roupa de homem e senhora, fatos, denim e estofos vendidos na Cidade Têxtil de Xiqiao são conhecidos pela sua modernidade e qualidade. Mais de 300 empresas transformadoras, bem como compradores europeus, americanos, coreanos, japoneses e do sul da Ásia deslocam-se à Cidade Têxtil para adquirir os seus tecidos. Um empresário de Hong Kong diz que implementou o seu negócio na Cidade Têxtil porque está confiante no futuro da indústria têxtil em Xiqiao e um outro empresário, adiantou que deslocou o seu negócio de estofos para esta área devido aos seu bom ambiente de negócios.