Início Arquivo

Como dominar os saldos?

Até dia 28 de Fevereiro calçado, vestuÁrio, acessórios e até decoração podem ser adquiridos em qualquer loja ou estabelecimento com descontos que vão desde os 20 aos 80%. A ideia agrada a toda a gente. Porém, os saldos também têm regras e segredos que fazem toda a diferença. Sendo a oportunidade perfeita para poder renovar o seu guarda-roupa, a primeira das regras que deve ter em conta é a identificação dos estilos que melhor se adaptam à sua personalidade e ao seu corpo e investir em algumas peças de grande qualidade, de designers de renome. Por isso aproveite e troque a sua t-shirt branca da Gap por uma 3.1 Philip Lim. Isto porque em Janeiro é a altura em que as marcas mais caras se tornam, de certa forma, acessíveis e por esse motivo é que, independentemente de ser escuro, frio ou cedo, as filas das lojas que vendem Manolo Blahnik, Gucci, Dior são sempre interminÁveis, nesta altura do ano. Pode custar esperar…. mas, acredite, vale bem a pena. E se jÁ estÁ a pensar no próximo Verão ou no próximo casamento para o qual foi convidada, tem aqui uma excelente oportunidade de marcar pontos com os saldos. Com a época festiva, os estabelecimentos encheram-se de artigos de gala que são, muitas vezes, as pechinchas e oportunidades ideais para se evidenciar nas festas de Verão e grandes cerimónias. As vantagens de uma compra desta natureza são simples de identificar. Para além de serem peças extremamente mais acessíveis do que o habitual, a compra antecipada é uma forma de garantir que estarÁ bem e que não correrÁ o risco, de ter na mesma festa, nenhum vestido igual ao seu. Ideal serÁ, também, aproveitar os saldos para comprar jeans ou casacos de ganga. Tratam-se de indumentÁrias que raramente passam de moda e cujos cortes são bastante semelhantes de estação para estação. O segredo passa por comprar designs que não se repetem, para assim obter peças que consigam evidenciar-se em qualquer momento. De igual forma, se na altura em que fez as suas compras de Natal, alguma peça lhe chamou a atenção, eis a oportunidade de procurÁ-la novamente e adquiri-la. Com sorte, jÁ a experimentou e sabe bem qual o tamanho que lhe assenta na perfeição. Isto porque os provadores são um local a evitar nesta altura do ano – visto que são uma perda de tempo… tempo esse que se esgota à medida que se vão esgotando as peças. No entanto, hÁ que dividir o seu tempo ao longo de todo o mês. Vale sempre a pena voltar às lojas no final de Janeiro, uma vez que é nessa altura que muita gente volta aos estabelecimentos para fazer as suas trocas de Natal. Se tiver apenas uma hora para “dar um salto” aos saldos, o ideal serÁ escolher o final do dia, ou por volta das 14h00, quando a maioria das pessoas prefere ir almoçar. Voe sozinho e abra as asas Ninguém é seu amigo quando a palavra “saldos” vem à tona. Por isso, o ideal é ir às compras sozinho. De qualquer forma, arranje um pouco de tempo para comparar as suas triunfantes “pechinchas”. Todavia, nunca leve consigo – até a uma superfície comercial – a concorrência. Uma amizade pode “afundar” se ambas se apaixonarem pela mesma t-shirt de Galliano a metade do preço. O ideal serÁ ir às compras sozinha e depressa! De igual forma, não compre pela marca, mas sim pela sua silhueta. Os compradores têm de usar os saldos para ter acesso directo ao que as marcas não conseguiram vender e que serão artigos essenciais para um guarda-roupa perfeito na próxima estação. Deste modo, se vir um conjunto de macacões metÁlicos a um canto, disponível em todos os tamanhos, pare… respire e pense que poderÁ ser único a comprÁ-lo e, pior, nunca usÁ-lo. Outra preocupação que deve ter nos saldos é o tamanho. John Galliano sempre diz “compre um tamanho acima”, isto porque os corpos mudam, mas as roupas não. Por isso em caso de dúvida compre sempre um tamanho maior, porque isso dar-lhe-Á mais opções, como por exemplo usar um cinto que farÁ toda a diferença. Agora que os segredos e regras foram revelados, estÁ mais do que na hora de adaptÁ-los e “atacar” as prateleiras, em busca das grandes oportunidades deste fim de estação.