Início Arquivo

Confiança atinge novo máximo

O índice de confiança do CENESTAP atingiu em Junho deste ano o valor máximo desde o início da série em Abril de 2005. De acordo com os dados do Observatório Têxtil do CENESTAP, o índice de confiança aumentou dos 25 pontos em Maio para 31 em Junho. Para este resultado contribuiram, sobretudo, as opiniões dos industriais do vestuário motivados pelas avaliações mais favoráveisda produção actual e da produção prevista. Também ao nível das encomendas o último mês do primeiro semestre se revelou favorável com a carteira de encomendas interna e externa a registar significativas melhorias nas opiniões dos empresários do sector. Com sinal negativo destacam-se apenas os stocks de produtos acabados de vestuário que, apesar das melhorias ao nível das encomendas, aumentaram 16 pontos (saldo de respostas extremas) para o valor máximo desde o início da série. Todavia, este aumento do indicador de confiança no vestuário não tem apresentado uma tendência homogénea, antes pelo contrário, tem sido feita com avanços e recuos, em Junho o indicador recuperou 12 pontos, mas recorde-se que ainda no mês passado tinha caído 8. O sector têxtil também atingiu um novo máximo desde o início da série, no entanto,a evolução do índice de confiança tem-se mostrado mais estável mantendo a tendência ascendente dos últimos meses impulsionado pelas avaliações favoráveis da carteira de encomendas interna e externa aliadas à produção actual. A contrabalançar estiveram as expectativas relativas à produção prevista que registaram uma forte contracção nos últimos meses. Em termos globais, apesar de alguma volatilidade, o índice de confiança dos empresários da ITV nacional tem registado uma evolução ascendente que se prolonga desde Junho do ano transacto.