Início Arquivo

Consumir sem moderação

No Jornal Têxtil de Dezembro, o tema em destaque é o consumo. Fique a conhecer o consumidor do futuro, as opiniões dos especialistas em marketing sobre estes novos clientes, o mercado actual e as estratégias adoptadas por três grandes players do panorama nacional: Grupo Auchan, Dielmar e El Corte Inglés. O maior optimismo económico reflecte-se também nas feiras do sector: entre as que estão para vir – Ambiente e Salon International de la Lingerie – as perspectivas são animadoras, nas que já passaram – Textile Days India, Milano Unica e A+A – os resultados foram encorajadores, registando-se mesmo recordes de afluência. Conheça os pontos altos destas feiras e os resultados das participações portuguesas nos diferentes certames. A Texworld é outro dos grandes certames agendados para o início do próximo ano. Michael Sherpe, presidente da feira de tecidos, acessórios e confecção, revelou em primeira-mão as novidades de um evento que tem vindo a crescer em número de expositores e visitantes, aproveitando para fazer um convite especial às empresas portuguesas. A moda está em destaque nesta edição do JT, com a apresentação dos desfiles e tendências observadas nas passerelles portuguesas. Alguns dos criadores que desfilaram no Portugal Fashion e na ModaLisboa revelaram ao Jornal Têxtil os conceitos e os destaques para a Primavera-Verão 2010. Mantenha-se ainda a par das últimas novidades tecnológicas, conhecendo os mais recentes avanços para tecidos revestidos e os novos estudos sobre as quebras no retalho, que apontam para uma perda de 177 milhões de euros por ano em Portugal. E não perca também a entrevista a Rodrigo Siza, director da Lectra Portugal, sobre as novidades de um dos principais fornecedores de equipamentos e softwares para a ITV. Da tecnologia para a I&D, saiba o que tem feito o projecto Cyted e descubra as novas fibras têxteis que poderão “alimentar” o futuro do sector, incluindo as penas de galinha, que estão a ser estudadas por cientistas da Csiro (Commonwealth Scientific and Industrial Research Organisation) para aplicação em vestuário. Inovação passa também pela gestão de processos e optimização dos recursos, que foi o que fizeram três grandes nomes da ITV nacional: Fareleiros, V. Fino e Fábrica Barros uniram esforços e criaram a B4F, para impulsionar as suas vendas e a sua dimensão no mercado. Já a My First Shoes, apenas com um ano de existência, está já a dar os primeiros passos na internacionalização. Pelo contrário, a Lemar conta já 70 anos de história, mantendo no entanto a frescura e o dinamismo de sempre, com uma aposta reforçada na inovação dos tecidos que produz. Manuela Araújo, administradora da empresa, revelou em entrevista ao Jornal Têxtil alguns dos projectos em curso e os novos desafios no mercado internacional, onde conta com clientes de prestígio, desde a Chicco à Armani. Internacional está cada vez mais a Home Concept, que continua a investir na Ásia, onde recentemente abriu mais um corner e onde deverá crescer no próximo ano. Já em Portugal, o Factory Vila de Conde é agora Vila do Conde Style Outlet, acompanhando a evolução com mais lojas e mais razões para consumir. Neste Jornal Têxtil, fique ainda a par das últimas tendências do marketing sensorial e das orientações para a moda Outono-Inverno 2010/2011 apresentadas pela Unidade de Moda e Design do Citeve. E como Dezembro é sinónimo de fim de ano, que por sua vez é altura de balanço, conheça, em discurso directo, as opiniões dos diferentes parceiros do Jornal Têxtil sobre as suas experiências nas nossas publirreportagens e seja também nosso parceiro, participando num dos suplementos agendados para 2010, que prometem impulsionar o seu negócio e chegar a todos os players da ITV. Tudo isto e muito mais nesta edição do Jornal Têxtil (que poderá subscrever aqui), embrulhado em votos de um Feliz Natal.