Início Arquivo

Corrente de optimismo

Nesta rentrée têxtil, com as feiras do segundo semestre, o panorama económico para a Indústria Têxtil e Vestuário em Portugal e na Europa começa a mostar os primeiros sinais de recuperação, com mais encomendas e melhores contactos em certames nacionais e internacionais. O Jornal Têxtil inquiriu as associações e os players do sector, dos fios ao vestuário, passando pelos tecidos e têxteis-lar, e constatou uma vaga de optimismo generalizada, sustentada pelos resultados do primeiro semestre e pelas boas perspectivas para o segundo. O Jornal Têxtil de Outubro revela-lhe igualmente o sucesso retumbante da última edição do Modtissimo, assim como os bons resultados conseguidos no périplo internacional das empresas portuguesas pela Première Vision, Maison&Objet, SIMM, Intertextile Shanghai Home Textiles e Modacalzado. Mas esta edição apresenta-lhe ainda as novidades para os próximos tempos, nomeadamente as intervenções programadas para o XII Fórum da Indústria Têxtil, dedicado à inovação tecnológica, e as actividades do Portuguese Fashion News que, entre outros, tem prevista a realização de um Salão de Equipamentos de Protecção Individual ainda este ano. E já a pensar no futuro, desvendámos alguns dos projectos que estão a inovar o sector, entre os quais um fato de bombeiro integralmente “made in Portugal”, concebido por um consórcio de empresas portuguesas liderado pelo Citeve; os têxteis do futuro que irão animar os festivais de música, como o de Glastonbury, o importante papel que as nanofibras poderão ter no tratamento de tumores cerebrais invasivos; o revolucionário processo de tingimento sem água utilizado pelos tecidos DryDye ou ainda como os têxteis técnicos ajudaram a mitigar o derrame depetróleo no Golfodo México. Fique ainda a conhecer a nova aposta do criador Miguel Vieira – a linha Miguel Vieira Casa – com mobiliário que parece saído de um atelier de alfaiate, assim como as tendências em lingerie para a Primavera-Verão 2011. Entrevistámos também, nesta edição, Albano José Morgado, administrador da Albano Morgado SA, que nos traçou o perfil, os planos de expansão e os investimentos que esta empresa de lanifícios tem realizado – entre os quais as novas gamas de tecidos ecológicos e reciclados – para se manter activa no mercado há mais de 80 anos. Um dinamismo partilhado por outras empresas nacionais, como a Mako Jeans, a esami’s women, a Matias&Araújo, a Vianatece e a Fitecom, que mostram quais as suas estratégias para crescer e consolidar aquém e além-fronteiras. No calçado, conheça a fundo a campanha de marketing e publicidade “Portuguese Shoes: Design by the Future”, promovida pela Apiccaps em todo o mundo, assim como a empresa nacional que calça a realeza – a Atlanta Mocassin – e os planos de um dos mais conhecidos designers portugueses de sapatos de luxo, Luís Onofre, para abrir uma nova loja em Angola e outra em Lisboa. E para ter o seu negócio bem seguro, não se esqueça de ver as soluções propostas pela Primavera e pela Gateway no suplemento “Moda Segura”. Espreite ainda as recém-inauguradas lojas on-line da Zara, H&M e Gap; o novo conceito Planeta do Carrefour as iniciativas mais “verdes” da Radici, Krama by K e do grupo PPR; a agitação que se vive no mercado das fibras, fios e tecidos; as estratégias de marketing das marcas que, depois de conquistar os pais, querem chegar aos filhos e muita outra informação sobre o que realmente está a acontecer no sector têxtil e da moda. Se ainda não é assinante, aproveite a rentrée para pôr as notícias em dia e faça a sua subscrição já hoje (cliqueaqui) para receber todos os meses, em casa ou no trabalho, o seu Jornal Têxtil.