Início Notícias Tecnologia

Corte 4.0 da Lectra tem novo cliente

A empresa alemã Polipol está a instalar a mais recente solução de corte da Lectra na sua unidade produtiva. A especialista em mobiliário adotou a sala de corte 4.0 da multinacional de origem francesa para responder à evolução do mercado e produzir à medida das encomendas.

A Polipol tinha já colaborado no desenvolvimento da Sala de Corte 4.0 para a produção “Made to Order”, isto é, feito sob encomenda, e agora decidiu implementar a solução como parte da sala de corte existente.

A Sala de Corte 4.0 para Made to Order, que foi apresentada no ano passado, é composta pela plataforma de corte digital e na solução de corte de tecido em folha simples Virga que, em conjunto, permitem ter um processo de produção inteligente que liga todas as etapas de produção, do processamento da encomenda ao corte.

«Para suportarmos o crescimento futuro da Polipol, precisamos de uma base bem estruturada de inovação e tecnologia de vanguarda. A Lectra é um dos parceiros-chave para a nossa sala de corte Indústria 4.0 voltada para o futuro», acredita Gerd Hemmerling, fundador e diretor-geral da Polipol.

Com fluxos de dados digitalizados entre o sistema ERP e o departamento de corte, a Polipol adquire, segundo indica, mais transparência e controlo sobre todo o processo de produção, o que deverá permitir «alcançar mais agilidade e produtividade mais elevada, eficiência de custos e expansibilidade». A Polipol, que produz mobiliário estofado, poderá ainda fazer face às crescentes exigências de personalização, prazos de entrega mais curtos e manter a qualidade com preços acessíveis.

«A Polipol e a Lectra partilham a mesma filosofia de inovação: as duas empresas assumem o compromisso de operarem como pioneiras na indústria. A implementação da Sala de Corte 4.0 para Made to Order na Polipol é um projeto inovador para a transformação digital na indústria de mobiliário estofado e outro ponto importantíssimo na nossa estratégia para a Indústria 4.0», sublinha Daniel Harari, presidente e CEO da Lectra.

Inovações a caminho

O projeto Indústria 4.0 prosseguirá com a implementação por parte da empresa de um centro de competência em pele na instalação fabril da Polipol em Wagrowiec, na Polónia, «uma das fábricas de mobiliário estofado mais avançadas do mundo». O centro, que tem oito máquinas de corte Versalis da mais recente geração, com 14 estações de digitalização, «está na vanguarda da inovação no mercado de produção de mobiliário estofado», garante a Lectra.

«Uma vez que a indústria do mobiliário está a passar por uma mudança acentuada, a estratégia Indústria 4.0 da Lectra disponibiliza soluções de vanguarda que irão ajudar os fabricantes a colocar o mobiliário mais rapidamente no cliente, de forma mais rentável e com mais opções de customização do que nunca», destaca, em comunicado, a multinacional de origem francesa.

A oferta da Lectra neste âmbito deverá ser alargada em 2019, «com vista a desenvolver ainda mais esta estratégia na indústria de mobiliário estofado», aponta.