Início Destaques

Cottonanswer premeia design ecológico

Cátia Rego foi a grande vencedora do Prémio Peça de Vestuário “Green Dress Code” – Moda com Sustentabilidade & Inovação, uma iniciativa promovida pela empresa de Barcelos em parceria como o Modatex que, no futuro, se deverá alargar a toda a comunidade escolar do sector.

[©Cottonanswer]

A peça vencedora, um casaco oversize feito a partir de jeans velhos, captou os elogios do júri, composto pela designer Carla Pontes, um representante da Cottonasnswer e um representante do Modatex.

A base da ideia foi «transformar algo velho em novo, para isso fui angariando calças de ganga, desfiz as calças todas e depois tive a ideia de fazer um casaco oversize, que desse para toda a gente usar, sejam magros, gordos, homens, mulheres…», explica Cátia Rego. «Depois surgiu a ideia do bordado atrás, porque quis juntar algum elemento representativo de Barcelos, como o galo – o galo tinha de estar lá – e escolhi o Senhor da Cruz», acrescenta, sobre o desenho minimalista que decora o casaco.

A designer recebeu com esta peça um prémio monetário de 1.000 euros e a possibilidade de realizar um estágio remunerado com a duração de três meses na Cottonanswer.

[©Cottonanswer]
O concurso foi lançado no final de 2019 e dirigido, nesta primeira edição, apenas a formandos do Modatex. O objetivo era criar uma peça de vestuário que refletisse os valores da cidade de Barcelos, mantendo uma visão de economia circular e de sustentabilidade.

Projeto de crescimento

Entre os 11 projetos a concurso, foram ainda atribuídas quatro menções honrosas a Ana Rita Barbosa, Diana Rodrigues, Mónica Silva e Sílvia Ribeiro.

«Nesta primeira edição, a participação foi direcionada para os estudantes da área, do Modatex, mas a ideia é alargar a participação nos próximos anos para toda a comunidade escolar do sector. É fundamental criarmos aqui um canal direto entre os estudantes e as empresas», afirma António Santos, presidente do conselho de administração da Cottonanswer.

Em seis anos, a empresa sediada em Barcelos triplicou a faturação e o número de colaboradores, que passaram de 80 em 2014 para mais de 200 no final do ano passado. O ano de 2019 trouxe ainda um crescimento superior a 10%. A Cottonanswear tem apostado em produtos diferenciados, conseguidos com o reforço do parque produtivo e tecnológico, para o qual contou com o apoio de um projeto de investimento no âmbito do Compete 2020, com o valor elegível de 3,895 milhões de euros, dos quais 1,948 milhões de euros provenientes do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. O projeto abrange ainda a projeção da empresa «de forma autónoma, a nível internacional, com a criação de uma linha produtiva para a sua marca própria».

António Santos [©Cottonanswer]