Início Notícias Vestuário

CPM atinge capacidade máxima

Com uma maior procura pelo segmento CPM Premium e a estreia do CPM Shop & Retail Solutions, direcionado para retalhistas e gestores de lojas, a feira moscovita de moda irá ocupar, entre 3 e 6 de setembro, os 15 halls do centro de exposições de Moscovo.

Segundo dados da Russian Fashion Retail Forum, na estação primavera-verão 2019 as exportações de vestuário da União Europeia para a Rússia cresceram 8%, atingindo os 2,4 mil milhões de euros. Os dados referentes ao comércio internacional refletem a evolução do certame. Depois de, na edição passada, terem sido apresentadas cerca de 1.400 coleções de 35 países, em setembro, o centro de exposições de Moscovo terá todos os seus 15 halls ocupados, de acordo com a organização da CPM.

«A Rússia ainda é um forte parceiro internacional. Todos os 15 halls do centro de exposições de Moscovo serão ocupados para a 33.ª edição da CPM. Trata-se de um reflexo das dinâmicas positivas de um mercado de vestuário que está, uma vez mais, a progredir significativamente», aponta Thomas Stenzel, diretor-geral da OOO Messe Düsseldorf Moscow.

Cerca de 30% do espaço de exposição será ocupado por produtores russos. Além disso, a feira moscovita de moda conta com um extenso programa de eventos. «As marcas que são mais ativas internacionalmente são as mais bem-sucedidas. A legislação relativa às importações não tem, de todo, facilitado o negócio entre a Rússia e a Europa de Leste. Porém, uma vez mais, vemos que a CPM e a Rússia merecem ser visitadas. Na verdade, apenas os que mantêm presença nestes mercados irão atingir o sucesso a longo prazo», considera Christian Kasch, diretor internacional do projeto da CPM.

Estreias e apostas

O segmento CPM Premium, com mais de 120 marcas dos segmentos médio-alto e premium, provenientes de países como Alemanha, França, Itália e Grécia, registou uma maior procura por parte de expositores.

Nesta edição, a CPM irá igualmente estrear um novo espaço para que produtores, retalhistas e agências que, por exemplo, gerem lojas online ou cadeias de lojas digitalmente encontrem as mais recentes soluções tecnológicas, produtos e serviços, para a gestão de retalho. «Em setembro de 2019, vamos apresentar o CPM Shop & Retail Solutions, uma resposta a uma necessidade urgente do mercado russo de moda, bem como à grande procura por parte dos visitantes e expositores. Estes tópicos também devem ser abrangidos na CPM, que dá resposta aos interesses e exigências do mercado russo», afirma Nikolay Yarzew, diretor russo de projeto da CPM.

Com o seu próprio alinhamento de conversas de especialistas, seminários, workshops e apresentações, o segmento CPM Body & Beach é o «mais importante e mais forte» do evento, segundo a organização. Em setembro, haverá um foco maior na lingerie. Nos halls 2.4 e 2.5 marcarão presença 140 marcas internacionais de 25 países. O alinhamento do CPM Body & Beach Talks inclui várias conversas informais e apresentações, nomeadamente do Fashion Consulting Group, Carlin Creative Trend Bureau e VMC Retail.

Para a primavera-verão 2020, marcas de Espanha, França, Alemanha, Turquia, Grécia e Colômbia vão apresentar as suas propostas na CPM Body & Beach Catwalk. Espanha estará representada por marcas como Admas, Disney, Santoro e Ysabel Mora. Da Alemanha chegam a Bugatti, Ceceba, Götzburg, MEY, Rosch Fashion e Tom Tailor Underwear. O grupo russo Caterina, que representa mais de 30 marcas de França, Itália, Espanha e Alemanha no mercado russo, irá apresentar as mais recentes propostas da DKNY, Passionata, Stella McCartney, entre outras. «Naquele que é o muito competitivo nicho de mercado para a lingerie, roupa de banho e homewear, tudo se resume a taxas de crescimento – particularmente em relação à participação na feira. Estamos particularmente entusiasmados porque produtores de todo o mundo estão a vir até nós e a colocar cada vez mais encomendas. O contínuo aumento no número de compradores profissionais do mercado da lingerie, cuja lealdade e confiança são a nossa principal prioridade, são um contributo maravilhoso para isto», sublinha Nikolay Yarzew.

A feira conta ainda com a iniciativa CPM My Country, onde se irão apresentar vários jovens designers de Krasnoyarsk. O espaço contará também com stands coletivos organizados com o apoio de associações comerciais regionais, que incluem marcas de Moscovo, Yekaterinburg, Ivanovo, Kaluga, Nizhny Novgorod, Ulyanovsk, Vologda, Irkutsk, Kirov, Krasnodar, Pensa, Karachay-Cherkessia e Bishkek (Quirguistão).