Início Notícias Moda

CPM cancelada com «vantagens adicionais»

A 35ª edição da feira de moda russa só estará de regresso de 22 a 25 de fevereiro de 2021. No entanto, a Messe Duesseldorf Moscow OOO criou a s’elections moscow 2020, um novo certame concentrado na colocação de pedidos a decorrer já em setembro.

A CPM – Collection Première Moscow previamente planeada para 1 a 4 de setembro de 2020 foi reagendada para o próximo ano, uma vez que o novo coronavírus fez com que o Expocentre, o recinto que abre portas à feira de moda, esteja transformado num hospital de emergência, à semelhança do que acontece com o parque de diversões russo Sokolniki Park e muitos outros locais.

A 2 de junho, os representantes do Governo do país anunciaram que esses hospitais e o equipamento aí alocado vão continuar a prestar serviços, pelo menos durante o corrente ano, como medida de precaução. Esta decisão impossibilita a realização da 35ª edição da CPM no espaço habitual, um dos aspetos fulcrais para o evento. Para assegurar que as negociações do sector prosseguem e apesar de ter optado por adiar o evento, a Messe Duesseldorf Moscow OOO criou a s’elections moscow 2020, um novo certame dedicado à colocação de pedidos para o mercado russo.

Tendo em conta a reabertura das lojas e a retoma gradual da atividade quotidiana, a indústria de moda está à procura de oportunidades que, segundo a organização, podem ser encontradas neste novo formato ampliado para cinco dias, de 16 a 20 de setembro de 2020.

«Para nós, a CPM está bastante ligada à localização no Expocentre. Uma vez colocados numa posição difícil, juntamente com os nossos parceiros moscovitas e internacionais, concebemos um formato de feira inteligente para os nossos expositores e retalhistas de moda russos: a s’elections moscow 2020 vai oferecer uma seleção atrativa e inspiradora para a colocação de pedidos para a primavera-verão», explica Thomas Stenzel, diretor-geral da Messe Duesseldorf Moscow OOO.

Mais tempo para negociar

Para as marcas que tiverem interesse em expor as coleções na Rússia, a organização vai estabelecer um ponto de encontro B2B com sete mil metros quadrados compreendidos em dois halls em Moscovo, numa localização com boas ligações aos serviços de transportes. De acordo com a organização, a data deste novo formato foi projetada para enquadrar o novo calendário internacional de feiras de moda num prazo ideal para a colocação de pedidos.

Thomas Stenzel

Além da prolongação dos dias da feira, o horário de funcionamento será também alargado, o que pode ser visto como uma «vantagem adicional». Em comunicado, a entidade responsável pela CMP reforça ainda que a s’elections moscow 2020 atuará seguindo as devidas normas implementadas de higiene num conceito de segurança em conformidade com os requisitos do país, bem como a experiência da organização da feira em Düsseldorf e da Igedo Company que coorganiza o certame.

«Esperamos que a s’elections moscow 2020 seja visitada por marcas russas em particular e também por uma variedade de marcas internacionais selecionadas que possam ser representadas pelas suas equipas locais e internacionais», adianta Thomas Stenzel. «Vai ser possível apresentar cerca de 300 marcas numa área de sete mil metros quadrados», acrescenta.