Início Destaques

Crescimento do mercado anima Heimtextil Russia

A feira moscovita da de têxteis-lar regressa de 17 a 19 de setembro e espera repetir o sucesso da edição do ano passado. Dos 229 expositores, 82% indicou pretender participar na Heimtextil Russia em 2019, que deverá beneficiar ainda da conjuntura positiva do mercado interno.

No ano passado, estiveram em Moscovo 17.101 especialistas de todas as regiões da Rússia e dos países da Comunidade dos Estados Independentes (CIS), 42% dos quais da área de retalho e 40% de gabinetes de design, decoração e arquitetura. Do lado dos expositores, estiveram empresas russas e dos países da ex-URSS, mas também da Áustria, Alemanha, Índia, Itália, China, Japão, França, Turquia e Portugal – representado pela Tela’s Design.

A vários meses de abrir as portas, a organização destaca a apetência do mercado russo e de leste pelos têxteis-lar e a capacidade do certame para reunir o sector. «Um dos principais objetivos de qualquer feira b2b é a comunicação direta e novos contactos de negócio», explicou, no final da última edição da Heimtextil Russia, Eugen Alles, diretor-geral da Messe Frankfurt RUS. Em 2018, «a Heimtextil Russia ficou marcada não apenas pela exposição tradicionalmente rica, mas também pelo reforço da parte do negócio. Introduzimos várias formas e intercomunicação de negócio para expositores e visitantes tornarem a sua participação ainda mais eficiente», acrescentou.

Um mercado em expansão

A economia russa tem vindo a crescer, tendo registado, segundo o Ministro de Desenvolvimento Económico e Comércio, Maxim Oreshkin, uma aceleração da taxa de crescimento do PIB, para 2,3%. Os resultados levaram o Fundo Monetário Internacional (FMI) a rever em alta as previsões de crescimento para 2019, para 1,8%.

Com uma população que ronda os 147 milhões, a indústria têxtil russa emprega cerca de 300 mil pessoas e conta com aproximadamente 14 mil empresas. O sector tem vindo a mudar, com os produtores russos de têxteis-lar a optarem pela produção combinada, ou seja, compram as telas e os acessórios no estrangeiro e confecionam na Rússia.

«Uma vez que os consumidores russos valorizam não apenas os preços, mas também o design e a qualidade, fatores como materiais modernos e novas tecnologias de processamento tornam-se importantes», destaca, em comunicado, a organização da Heimtextil Russia. «Isso dá a oportunidade perfeita para as empresas estrangeiras entrarem no mercado russo, tanto com produtos acabados, como com artigos que os produtores domésticos não conseguem cobrir completamente as necessidades do mercado e com o fornecimento de tecidos e acessórios para a confeção de produtos acabados pelas empresas russas», acrescenta.

Construção e turismo aumentam vendas

Há ainda outros fatores que estão a alimentar o crescimento do mercado de têxteis-lar na Rússia, a começar pela construção. Em 2018, os russos bateram o recorde de empréstimos para comprar casa. Segundo uma estimativa do Dom.rf Group, foram concedidos 1,17 milhões de empréstimos, no valor de 2,37 biliões de rublos (cerca de 31,8 mil milhões de euros) nos primeiros 10 meses do ano passado. O gabinete de estatística do país indica ainda que 4,7% do crescimento do PIB se deveu à construção em 2018, o que deverá levar à procura de mais produtos para a casa e para a decoração de interiores.

Um segundo fator que está a estimular as vendas de têxteis na Rússia é o turismo. Os dados do Rosturism mostram que o fluxo de turistas na Rússia foi superior a 81 milhões de pessoas em 2017 – um número que deverá ter sido ultrapassado no ano passado devido ao Campeonato do Mundo de Futebol, estimando-se um aumento de 50% face a 2017. O fluxo de turistas estimula a construção de novos hotéis e, consequentemente, de têxteis para hotelaria. «No decurso dos últimos anos, a hotelaria em Moscovo diversificou-se com a ajuda da entrada de promotores internacionais de hotéis e com a expansão de marcas de hotéis de luxo e de serviços selecionados», refere a Association of European Businesses no “European Business in Russia: Position Paper 2019”.

Por último, a organização menciona o incremento do comércio eletrónico. Segundo a Data Insight, o volume de negócios realizados online tem vindo a aumentar, tendo passado de um valor anual de 5 mil milhões de rublos há cinco anos para 185 mil milhões de rublos em 2018.

«Uma das formas mais eficientes de expandir a presença da empresa num país alvo é participar numa feira profissional local com uma reputação estável. A Heimtextil Russia é a única feira especializada para a casa e têxteis para hotelaria na Rússia», sublinha a organização.