Início Destaques

Decenio mergulha no Mediterrâneo

O Mediterrâneo inspira a campanha da Decenio para a primavera-verão 2016, traduzindo o novo conceito da marca portuguesa, que está também a lançar um projeto editorial semestral, cujo primeiro número deverá chegar às suas lojas no final do corrente mês.

A mudança de conceito tinha já sido anunciada em algumas lojas da insígnia por Joaquim Brito, administrador da Têxtil Cães de Pedra, nas páginas do Jornal Têxtil de novembro de 2015 (ver O mundo como casa). «Quando comprámos a marca [em novembro de 2014] fizemos um trabalho com a Ivity, do Carlos Coelho», afirmou na altura. «O logo da marca é um X romano estilizado e diz “Decenio” também estilizado, porque o “i” e o “o” no final da palavra foram substituídos por um “1” e um “0”, ou seja, termina em 10, de decénio. E depois assina “mediterrano”, porque a marca quer ter uma inspiração mediterrânica: Portugal, Espanha, França, Grécia, Itália, mesmo o norte de África», explicou.

Este novo conceito ganhou agora corpo na campanha para a coleção primavera-verão 2016, desenhada por uma equipa liderada por Rui Santos (homem) e Paula Caria e Júlio Waterland (senhora), com as peças-chave a serem mostradas sob o novo espírito jovem e contemporâneo da marca, num casual-chique ideal para enfrentar as temperaturas mais quentes.

Uma campanha diferente que prima ainda por inovar no meio de comunicação usado. Em vez do habitual catálogo, as propostas estivais da Decenio são mostradas num jornal, que terá uma periodicidade semestral e será distribuído nas lojas da marca no final de fevereiro (para a estação quente) e no início de setembro (para a estação fria).

Na edição de estreia, os leitores poderão não só ver as imagens da nova coleção mas também ler artigos sobre a jornalista e pivô do Porto Canal Carla Ascenção, uma entrevista com o Chef Kiko e ainda um editorial com o ator Pedro Barroso. «O Jornal Decenio surge no processo de renovação da marca portuguesa, tendo como objetivos informar, sugerir e descobrir», destaca a marca em comunicado, onde revela que a cada número será dada relevância à moda mas também a tópicos como gastronomia e viagens.

A originalidade desta primeira edição passa ainda pelas fotografias, que foram captadas pelos vencedores de um concurso organizado pela Decenio no final do ano passado, destinado a jovens fotógrafos ou estudantes de fotografia. Hugo Melo, Moura Simão, Nicolas Gerardin e Tomás Monteiro são, assim, os autores das imagens que acompanham os artigos. Uma iniciativa que se deverá repetir, já que a marca promete um novo concurso.

O novo conceito “Mediterrano” da Decenio está a chegar também às lojas da marca, 18 das quais «de primeira linha», como referiu Joaquim Brito ao Jornal Têxtil. «Se for, por exemplo, à loja de Guimarães ou à loja nova em São João da Madeira, tudo dentro da loja tem a ver com esta orla mediterrânica: as paredes são rugosas, como acontece na construção mediterrânica, tem cortiça, tem oliveiras a decorar… Tem todo um conceito. A ideia é que o cliente com o tempo absorva este conceito e haja uma identidade estilística, uma inspiração, se quisermos», afirmou. A marca, que este ano deverá alargar as vendas online aos mercados internacionais, prevê, segundo o administrador da Têxtil Cães de Pedra, «renovar todas as lojas» sob este novo conceito até 2017.