Início Destaques

Desmaterialização da indústria em debate

O segundo webinar Tecer o Futuro será dedicado ao impacto da transição digital e da desmaterialização no futuro da indústria do têxtil e vestuário. Organizado pelo Cluster Têxtil, “Tecer o Futuro: Desmaterializando” terá lugar na manhã do próximo dia 22 de julho e as inscrições, gratuitas, estão abertas.

[©Cluster Têxtil]

João Neves, Secretário de Estado Adjunto e da Economia, Luís Castro Henriques, presidente da AICEP, Manuel Gonçalves, administrador da TMG, e Manuel Serrão, diretor-geral da Associação Selectiva Moda, serão os protagonistas deste webinar, que será moderado por António Braz Costa, diretor-geral do CITEVE.

O objetivo, refere o Cluster Têxtil, «é perceber o impacto da transição digital e da desmaterialização no futuro da indústria do têxtil e vestuário e das suas congéneres, nas relações comerciais nacionais e internacionais, nos processos produtivos e nos modelos de negócio cada vez mais afetados pelo digital».

A sessão está agendada para as 9h30 do dia 22 de julho, com as inscrições a poderem ser submetidas no formulário disponibilizado online.

«O Cluster Têxtil Português, como sempre vos habituou, procura (re)inventar-se a todos os níveis. Depois de um afastamento forçado, voltamos ao contacto, diferente mas próximo. Vamos, juntos, “Tecer o Futuro”, uma iniciativa que aproximará membros, parceiros e indústrias», refere, numa comunicação, a organização.

Para além dos webinars, o Cluster Têxtil está a criar os podcasts “Conversas por um Fio”, «uma série de podcasts desafiantes para outros sectores e clusters com opiniões e visões para o futuro».

O primeiro webinar Tecer o Futuro teve lugar a 17 de junho e juntou representantes da Tintex, da Clothe-Up, da Endutex, do CITEVE e do CeNTI para falar sobre a adaptação da indústria têxtil e vestuário à crise provocada pela pandemia.