Início Notícias Marcas

Dez estrelas: Prochef veste Berasategui

O primeiro passo da marca portuguesa rumo à internacionalização está dado. A Prochef veste agora o espanhol Martín Berasategui, um dos chefs mais estrelados do mundo. Espanha será precisamente o próximo destino da especialista em fardamento e acessórios para cozinha, restauração e hotelaria.

Criada há 13 anos, a Prochef já é conhecida por vestir chefs portugueses como José Avillez, Henrique Sá Pessoa e Tiago Bonito. Agora, a marca nascida em Vila do Conde quer alargar fronteiras. O chef Martín Berasategui, assim como as equipas de dois dos seus restaurantes, vão vestir a marca portuguesa. Numa primeira fase, a parceria estabelecida prevê o fornecimento de fardas para o staff de cozinha do restaurante Lasarte e para o Fifty Seconds, o recente projeto que o chef abraçou na Torre Vasco da Gama, no Parque das Nações, em Lisboa. Martín Berasategui tem dez estrelas Michelin nos seus restaurantes, espalhados por países como Espanha, México, República Dominicana e, mais recentemente, Portugal.

Orquídea Silva e Martín Berasategui

«Para mim e para a minha equipa é uma honra. Quando conheci o Martín, no seu restaurante, percebi como seria importante este ícone da cozinha internacional ser a cara da Prochef para o mercado internacional. É uma referência para todos os chefs de cozinha», defende Orquídea Silva, fundadora da marca, ao Portugal Têxtil.

Até ao momento, a marca tem estado a trabalhar pontualmente com países como França, Inglaterra, Islândia ou Dubai, contudo, 2019 será o ano de viragem para o mercado internacional. «Neste momento, a taxa de exportação é muito reduzida. Todavia, contamos que a situação se inverta a muito curto prazo», afirma Orquídea Silva.

O mercado espanhol será o principal foco da Prochef rumo à internacionalização, «pela proximidade geográfica e pela força que as indústrias de restauração, hotelaria e turismo têm no país vizinho», justifica. Para começar, o objetivo é «conquistar os hotéis com cinco estrelas em Espanha. Iniciámos uma campanha para esse sector. Também estamos a traduzir a nossa loja online para espanhol e inglês, disponibilizando toda a informação sobre a Prochef», revela a fundadora.

Ligação além das fardas

A marca criada por Orquídea Silva pertence ao Grupo Prochef e a parceria com o chef espanhol estende-se a outra área de negócio que o grupo desenvolve, na área da limpeza industrial: o FAT Tank, «que é um sistema de lavagem e desinfeção de utensílios de louça e utensílios problemáticos numa cozinha profissional», explica Orquídea Silva.

Em 2018, o Grupo Prochef registou um volume de vendas de 1,1 milhões de euros.

Com as perspetivas de internacionalização e o crescimento do mercado nacional, Orquídea Silva acredita que conseguirá fechar 2019 «com um crescimento de cerca de 30%». A marca Prochef conta atualmente com uma loja na Póvoa de Varzim, inaugurada em 2014. «Num futuro próximo, gostaria de abrir uma loja em Lisboa», ambiciona a fundadora da marca.