Início Notícias Retalho

Dielmar emancipa a alfaiataria

Num evento repleto de mulheres de diferentes gerações, conduzido por uma anfitriã e abrilhantado por uma embaixadora, a Dielmar apresentou a sua mais recente aposta em alfaiataria por medida. O serviço “Alfaiataria para mulheres executivas” está disponível na loja do Amoreiras Shopping Center.

Para já um exclusivo da flagship store da marca no Amoreiras, o serviço é inteiramente dedicado ao público feminino – um marco histórico nos 52 anos da Dielmar – e nasceu para preencher aquilo que a CEO Ana Paula Rafael considera uma lacuna na oferta de alfaiataria.

Ana Paula Rafael e Kim Sawyer

«A Dielmar, quando inova, gosta de ir ao encontro das necessidades que encontra no mercado e isto, no fundo, é também responder a uma necessidade», explicou ao Portugal Têxtil durante o evento que decorreu ontem, segunda-feira.

A ideia nasceu quando a própria desenvolveu um fato para si, depois, para familiares e amigas e ter então decidido democratizar o acesso à alfaiataria por medida a todas as mulheres portuguesas.

«Um fato é tão versátil para uma mulher quanto para um homem e para nós talvez ainda mais, porque temos uma criatividade ainda maior do que a dos homens. Achei que trabalhar alfaiataria para mulher seria interessante porque a alfaiataria poderia descrever-se como a nossa segunda pele e o à vontade com que estamos numa peça de alfaiataria é completamente diferente daquele que temos numa peça de pronto moda», destacou a CEO da Dielmar.

Ativo desde ontem, o serviço de “Alfaiataria para mulheres executivas” permite que a cliente Dielmar tenha acesso a um fato por medida – casaco/calça ou casaco/saia –, podendo escolher detalhes como a cor, tecido, forro, botões e baixo de gola, entre outros. Em 15 dias úteis, o fato fica pronto, sendo que o leque de preços está dependente do tipo de tecido e pormenores escolhidos, mas poderá rondar os 400 a 500 euros, de acordo com Ana Paula Rafael.

Ana Paula Rafael e Kim Sawyer

Futuramente, este projeto-piloto será replicado noutros prontos de venda Dielmar e, também, além-fronteiras.

«Pensamos não estender a todas as lojas nesta fase, mas estender pelo menos a uma loja no Norte e, depois, ao mercado externo – esta será, naturalmente, uma aposta para alguns clientes que já se mostraram agradados com o potencial», revela Ana Paula Rafael ao Portugal Têxtil.

Embaixadora à altura

O evento na flagship store do Amoreiras Shopping Center contou ainda com uma presença especial. Kim Sawyer, ex-embaixatriz dos EUA e diretora do programa Connect2Success, foi escolhida para embaixadora da nova investida da Dielmar e fez questão de destacar os valores que partilha com a marca, «qualidade, integridade e serviço centrado no cliente», e que a motivaram a assumir este papel.

A diretora do programa de empreendedorismo Connect2Succes focou ainda a força de trabalho maioritariamente feminina da Dielmar e o papel de Ana Paula Rafael como executiva, pedindo inclusivamente uma salva de palmas para a CEO.

«Com o lançamento deste programa estamos a levar as coisas para outro nível – mulheres que vestem mulheres e mulheres que têm a possibilidade de escolher exatamente o que vão vestir, sem terem alguém a impor-lhes isso», sublinhou Kim Sawyer que, vestida com um fato por medida da Dielmar, descerrou ao lado de Ana Paula Rafael a placa alusiva ao novo serviço, que ficará na flagship store do Amoreiras Shopping Center.

Com uma rede de 11 pontos de venda, a Dielmar está também em fase de renovação do seu conceito de loja, uma operação que começou em março, precisamente na flagship store do Amoreiras. O projeto foi concebido pela arquiteta Joana Rafael, representante da terceira geração da Dielmar.

Considerando as novas apostas, a entrada no novo ano é aguardada com otimismo.

«Estamos com grandes expectativas em relação a vários projetos que colocámos em curso. Este ano foi de grandes investimentos e esperamos que 2018 seja o ano de colher os frutos», confessou a CEO da Dielmar ao Portugal Têxtil.