Início Notícias Vestuário

Dielmar vende máscaras online

A empresa especialista em alfaiataria alargou o seu portefólio para incluir máscaras comunitárias, que estão agora disponíveis para aquisição na plataforma Springkode e no seu próprio website. Em branco, preto ou estampados, os artigos têm dupla camada e podem ser lavados até cinco vezes.

[©AIP]

A Dielmar foi a mais recente empresa portuguesa a aderir à Springkode e, dessa forma, a alargar a oferta de máscaras comunitárias da plataforma portuguesa de comércio eletrónico, que conta já «com mais de 120 packs com diferentes conjugações de cores e modelos», segundo indica em comunicado difundido hoje.

As máscaras produzidas pela Dielmar e disponibilizadas pela Springkode são fabricadas num tecido de 70% poliéster/30% algodão, em duas camadas, com três pregas, um pino metálico ajustável no nariz e elásticos «confortáveis para as orelhas». As máscaras encontram-se disponíveis em packs, com duas, quatro, seis ou 10 unidades, sendo que, com exceção do primeiro pack, as máscaras são enviadas com uma bolsa de transporte (duas no caso da compra de 10 unidades).

Ana Paula Rafael

A empresa de Alcains tem ainda um website próprio onde é possível aos consumidores adquirir as máscaras sociais noutros padrões e composições. A produtora de vestuário está também a desenvolver o negócio B2B neste tipo de artigo. «De forma a compensar a diminuição da atividade “core”, a Dielmar dedicou-se, na atual conjuntura, à produção de máscaras sociais reutilizáveis. Pelas mãos das suas costureiras e obedecendo aos habituais padrões de qualidade e conforto da marca. O fabrico das máscaras é feito em vários modelos e tecidos, que protegem do Covid-19, e é preferencialmente destinado a fornecer pequenas, médias ou grandes empresas», pode ler-se no website da AIP.

Apesar da diminuição das encomendas e do encerramento obrigatório das lojas, a Dielmar colocou de parte a possibilidade de despedimentos durante o CEO Retail Forum, um evento organizado em julho pelo Expresso e a SIC Notícias com a consultora Accenture. «Temos 400 pessoas, das quais 320 são mulheres, e não nos passa pela cabeça despedir. Valemos tanto para a zona de Castelo Branco como a TAP para o país», afirmou a CEO da empresa, Ana Paula Rafael.

Além da produção para outras marcas internacionais, distribuídas por cerca de 20 países, a especialista em alfaiataria desenvolve igualmente a marca Dielmar e conta com várias lojas próprias em Portugal, incluindo no Amoreiras Shopping Center, onde lançou em 2017 um serviço de alfaiataria para mulheres executivas, no Almada Fórum, no CascaiShopping, no NorteShopping e em Castelo Branco.