Início Destaques

Do fio ao vestuário

A Première Vision, que de uma feira de tecidos se transformou num certame que abarca toda a fileira, desde a fiação à confeção de vestuário, está a consolidar a sua posição e a atrair novos expositores nesta edição que abre portas amanhã, incluindo sete novas empresas portuguesas, entre as quais se encontram as gigantes Filasa e Calvelex.

Desde o ano passado que o certame parisiense agrupou todos os eventos sob a marca Première Vision Paris e a receção tem sido calorosa, a julgar pelos 142 novos expositores com que conta nesta edição, que decorre de 16 a 18 do corrente mês. O Jornal Têxtil de fevereiro revela-lhe, em primeira mão, as expectativas dos expositores nacionais, onde se incluem a Adalberto Estampados, a Gierlings Velpor, Tintex, a Inovafil (do grupo Mundifios) e a Goucam, dando um enfoque especial aos dois pesos-pesados que se estreiam, a Filasa, nos fios, e a Calvelex, no vestuário, assim como à Joaps Malhas, na área dos tecidos, e à Com-Prensa, nos acessórios, duas empresas que estão a reforçar o seu negócio na Première Vision Paris.

Conheça ainda as tendências avançadas pela organização do certame para cada sector e prepare-se para a primavera-verão 2017. Para continuar na crista da onda das tendências de moda, fique ainda por dentro das propostas masculinas apresentadas nas passerelles de Londres, Milão, Paris e Nova Iorque para o outono-inverno 2016/2017 e beba inspiração nas coleções de alta-costura para a próxima estação quente que, sem dúvida, se irão refletir no desenvolvimento das propostas de pronto-a-vestir das temperadas seguintes.

Com produtos para o vestuário, mas também para o calçado, os têxteis-lar e a indústria automóvel, a Foot by Foot está a consolidar o seu carácter inovador, com a criação de um departamento de I&D. Este é apenas um dos projetos da empresa especialista em revestimentos e laminagens, como revela em entrevista o sócio-gerente António Pereira, que quer continuar a desenvolver o negócio além-fronteiras.

Sempre atentas aos mercados externos, as empresas portuguesas da indústria têxtil e vestuário (ITV) continuam a apostar em certames internacionais. Na Ispo Munich, milhares de visitantes circularam pelos stands e pelas duas ilhas portuguesas no certame, enquanto duas gigantes lusas dos tecidos, Riopele e Somelos, preparam a sua participação na feira chinesa Intertextile Shanghai Apparel Fabrics.

A ITV nacional está, de resto, a atravessar bom momento, que está a ser aproveitado de diversas formas pelas empresas: a Lipaco vai aumentar a capacidade na nova área da tinturaria; a Malhas CEF está a duplicar o parque de máquinas a pensar na expansão futura; a P&R Têxteis quer criar um Sports Lab Innovation, enquanto pensa nas medalhas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro; a Garbo está a registar uma nova marca para os mercados externos; a Bovi continua a investir nos acabamentos para prestar um melhor serviço aos clientes; a Piscatêxtil alargou o portefólio de produtos; e a SMF prepara a abertura de uma loja própria em Lisboa.

Espreite ainda como para a economia nacional e europeia, acompanhe o sobe e desce do mercado de algodão e das fibras sintéticas e as expectativas de evolução das vendas de jeans até 2021.

O Jornal Têxtil dá ainda a volta ao mundo para conhecer e acompanhar projetos diferentes, com paragens na Souvetmaille em Marrocos, mas também em Hong Kong, onde a Redress está a instruir jovens designers no universo da moda sustentável, na China, onde o governo quer retomar as rotas comerciais e desenvolver a indústria têxtil na região de Xinjiang, em Itália, com o renascimento da Zucchi, e nos EUA, onde a ThermalTech está a lançar uma tecnologia revolucionária.

E por falar em tecnologia, o suplemento Máquinas de Futuro apresenta-lhe as mais recentes novidades propostas pela Stäubli, Lectra, Bejimac, Gerber Technology, Tajiservi, Digidelta e RDL que vão permitir que a sua empresa se torne mais eficiente, rentável e produtiva.

Fique a par de tudo o que se passa em Portugal e no mundo com a edição de fevereiro do Jornal Têxtil, onde pode encontrar a informação que realmente faz a diferença no seu negócio. Se ainda não é assinante, não perca mais tempo e faça já a sua subscrição (mais informações através do email cenit@portugaltextil.com).