A volta das feiras

Nº 253 | Setembro 2020
Os indicadores positivos das primeiras feiras físicas após o confinamento estão a alimentar boas expectativas, tanto para os expositores lusos, como para os representantes da Messe München, da Messe Düsseldorf e da Messe Frankfurt em Portugal.
Download da capa do Jornal Têxtil exclusiva a assinantes
Para fazer download, inicie sessão ou assine já através do registo.



Na edição de setembro do Jornal Têxtil, damos a volta às feiras para perceber como correu o regresso aos certames profissionais para as empresas e marcas portuguesas – como a Albano Morgado, Ambitious, Baby Gi, Cristina Barros, Lameirinho, Somelos, Troficolor, Vilartex e Unifardas – e as suas expectativas para os próximos meses e eventos.

Fazemos igualmente o balanço de feiras como a Fabric Days, a Gallery Fashion e os diferentes certames na China, dedicados aos fios, tecidos e têxteis-lar, e acompanhamos os preparativos e planos de contingência para certames como a Medica (que foi cancelada após a impressão desta edição), a Heimtextil (entretanto adiada para maio) e a ISPO Munich (que mantém formato físico nas datas anunciadas).

Fomos ainda falar com Cristina Terra Motta, Hans Walter e Tânia Mutert Barros, representantes em Portugal da Messe Frankfurt, da Messe Düsseldorf e da Messe München, respetivamente, sobre o passado, o presente e o futuro das feiras profissionais.

Noutras notícias, fique a par dos mais recentes investimentos da Confecções Manuela & Pereira, que inaugurou novas valências no início de setembro, da menção honrosa internacional recebida pela RDD, da oferta para combater o Covid-19 da Tajiservi e da solução inovadora da Ecofoot, que mereceu a atribuição de uma bolsa por parte do Conselho Europeu de Inovação.

Saiba ainda o que levou as quatro associações da indústria têxtil e vestuário a unirem-se e debaterem em conjunto as medidas de apoio às empresas do sector e acompanhe a evolução dos principais indicadores económicos, incluindo as exportações e as matérias-primas, nas nossas páginas de conjuntura.

Não esquecemos também o que se passa lá fora, como as novas linhas da Coats com tecnologia da HeiQ, a forma inovadora como a empresa de fios Lineapiù decidiu apresentar as suas coleções, as propostas da Itematech para a tecelagem, o prémio atribuído à produtora italiana de tecidos Klopman ou a solução da Dyneema que está já a proteger os ciclistas, nomeadamente aqueles que participaram no Tour de France.

Antes de fechar esta edição, não se esqueça de espreitar a publirreportagem Transportes & Distribuição, onde a Garland e a Jungheinrich levantam o véu para as suas soluções de transportes e logística para o negócio da moda.

Tudo isto na edição de setembro do Jornal Têxtil. Se ainda não é assinante, aproveite a rentrée, faça a sua subscrição e garanta que recebe, na empresa ou em casa, a informação que faz a diferença para o seu negócio.