iTechStyle Summit aponta caminhos

Nº 238 | Abril 2019
Durante três dias muito preenchidos, a iTechStyleSummit 2019 reuniu a academia e a indústria e, perante uma plateia de cerca de 700 pessoas, fez não só um retrato do que está a acontecer na indústria têxtil e vestuário, mas também as perspetivas para o futuro, em Portugal e no mundo.
Download da capa do Jornal Têxtil exclusiva a assinantes
Para fazer download, inicie sessão ou assine já através do registo.



52 oradores de 15 países, divididos por 10 painéis, foram alguns dos números que fizeram os três dias da terceira edição da iTechStyle Summit. No Jornal Têxtil de abril fique a par de alguns dos principais momentos e projetos desvendados na cimeira. Além dos oradores internacionais, como Anna Maria Rugarli, diretora sénior de sustentabilidade e responsabilidade para a região EMEA da VF Corp, David Shah, consultor e editor da View, Simone Cipriani, fundador e administrador da Ethical Fashion Initiative, e Nina Braga, diretora do Instituto E, criado pela marca brasileira Osklen, estiveram presentes bons exemplos da inovação “made in Portugal”, como o projeto de reciclagem do Grupo Valérius, a investigação da SGL para colorir fibras acrílicas retardantes de chama, as descobertas da TMG Automotive na área da pele artificial para assentos automóveis e a inovação da Têxteis Penedo na área da saúde.

Uma conferência cada vez mais internacional, como destaca em entrevista António Braz Costa, CEO do Citeve, numa altura em que o centro tecnológico está a celebrar 30 anos de atividade.

Mas não é só durante a iTechStyle Summitu que o poder de inovação das empresas portuguesas fica demonstrado. A JF Almeida, por exemplo, que está a crescer no negócio dos fios, encontra-se a trabalhar no projeto iHeatex, para desenvolver felpos multifuncionais para têxteis-lar. O mesmo acontece com a Fiorima, que mantém uma forte aposta em I&D, com a SIT, que criou um fato com compressão e lã merino, e com a P&R Têxteis, que está já empenhada nos Jogos Olímpicos de 2020.

Nesta edição de abril do Jornal Têxtil, fique ainda a par dos esforços de internacionalização de empresas como a Texser, a Inup e a Soeiro, do lado ecológico da Tapa Costuras e dos designers portugueses e da nova marca da Carvema.

Acompanhámos também o Open Day da Tintex e o evento da Lectra em Bordéus, onde a multinacional de origem francesa revelou aos seus clientes, incluindo os portugueses, novas soluções como a Fashion On Demand e a Kubix Link.

Fique ainda a par das tendências apontadas pelo gabinete WGSN para o outono-inverno 2020/2021, com os conceitos de materiais, cores e ideias que vão moldar as coleções para homem, senhora e criança, assim como das primeiras movimentações para a Heimtextil 2020 e o balanço da mais recente edição da CPM.

A fechar, não perca os números das exportações para o primeiro mês do ano nas páginas da conjuntura, onde pode igualmente encontrar mais pormenores sobre a evolução das vendas para o mercado francês.

Para quem quer estar a par de tudo o que se passa na indústria têxtil e vestuário, o Jornal Têxtil é de leitura obrigatória. Se ainda não fez a sua subscrição, não perca mais tempo e garanta o seu exemplar todos os meses.