Os têxteis do futuro

Nº 222 | Novembro 2017
A resiliência do DET deu frutos e o curso de Engenharia Têxtil da Universidade do Minho voltou a insuflar-se de vida, com muitos estudantes atraídos pela inovação que é hoje apanágio do sector e que o Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil cultiva em parceria com empresas como Inovafil, Somelos Tecidos, Lasa ou Latino.
Download da capa do Jornal Têxtil exclusiva a assinantes
Para fazer download, inicie sessão ou assine já através do registo.



Os momentos menos bons do ensino superior de Engenharia Têxtil parecem ter ficado para trás e o curso voltou a atrair os jovens para um sector em constante mutação, graças à aposta resiliente do Departamento de Engenharia Têxtil (DET) da Universidade do Minho, que conseguiu despertar o interesse de novos candidatos. Um percurso nem sempre fácil, como contam os responsáveis do DET na edição de novembro do Jornal Têxtil.

Atualmente a formação na área passa pela licenciatura em ciências de

Engenharia-ramo têxtil e o mestrado integrado em engenharia têxtil – que tem atraído cada vez mais interesse, incluindo reingressos, como revela a diretora do curso, Maria José Abreu –, mas também pela licenciatura em Design e Marketing de Moda, sob a direção de Joana Cunha, a que se somam os mestrados em Design de Comunicação de Moda, sob a alçada de Cristina Broega, e em Design e Marketing de Produto Têxtil, de Vestuário e Acessórios, com direção de Hélder Carvalho.

Uma oferta abrangente que pretende superar as expectativas dos alunos – como os próprios confirmam – e colmatar as necessidades do sector industrial, estando o DET a preparar já o futuro, como indica em entrevista a sua diretora, Teresa Amorim.

Nesta missão, que parecia impossível, cabe ainda destacar o papel do Centro de Ciência e Tecnologia Têxtil, cujo forte impulso à investigação e desenvolvimento tem ajudado a antecipar a tendência do negócio, como conta em entrevista ao Jornal Têxtil o diretor do 2C2T, Fernando Ferreira.

Prova disso são os incontáveis projetos em curso todos os anos, quer de investigação fundamental – onde se contam trabalhos realizados por investigadores como Pedro Souto, Raul Fangueiro e Ana Maria Rocha –, quer com aplicação prática em parceria com empresas de toda fileira têxtil, dos fios ao vestuário, como ilustram a Inovafil, a Somelos Tecidos, a Lasa e a Latino Confecções, que explicam nesta edição as mais-valias de trabalhar com o 2C2T em I&D.

Mas a edição de novembro do Jornal Têxtil está recheada com outras notícias que, tal como as castanhas típicas deste mês, são “quentes e boas”.

Em entrevista, Xavier Leite, presidente da Têxteis Penedo, revela como a inovação tem pautado os 42 anos da especialista em têxteis-lar, adiantando os novos projetos de I&D, os investimentos em curso e as perspetivas para a marca Macal by Penedo, uma aposta recente nas mantas e cobertores que a empresa está a explorar.

Pode ainda ficar a conhecer em profundidade a parceria entre a fiação SMBM e a designer Susana Bettencourt, a oferta completa da armazenista de fios Trifitrofa, o novo serviço da produtora de tecidos Vilarinho, o rebranding da Adalberto Estampados (que agora tem um nome mais curto), o crescimento além-fronteiras da produtora de malhas João António Lima Malhas e da marca infantil Dr. Kid, a estreia da Confecções TM em certames profissionais e o sucesso da Ruanjo no athleisure.

Fique também por dentro de algumas das ideias-chave discutidas na 6.ª Convenção da Euratex sobre a “Competitividade na Nova Ordem Mundial”, onde o sector têxtil e vestuário português foi muito elogiado, e faça o périplo pelos mais recentes salões internacionais, incluindo a Texworld Paris, onde estiveram três empresas lusas, a Apparel Sourcing Paris e a Maroc in Mode, onde Portugal reforçou a sua presença de várias formas.

Tudo isto e muito mais – incluindo o sobe e desce dos preços das matérias-primas, do comércio externo e do barómetro da economia nacional – na edição de novembro do Jornal Têxtil.

Se ainda não é assinante, não espere pela chegada do Pai Natal para fazer a sua subscrição. Peça já a assinatura mensal (aqui) e garanta o seu exemplar do Jornal Têxtil, com toda a informação que faz girar a indústria têxtil e vestuário, em Portugal e no mundo.