Início Notícias Têxtil

Dono da Sici93 e Playvest concentra produção

O Nextil Group está a consolidar a sua atividade produtiva em Espanha, nomeadamente em Barcelona. A empresa, que há alguns anos adquiriu as portuguesas Sici93 e Playvest, está a juntar, numa fábrica própria maior, a Dogi e a Ritex, para aumentar as economias de escala e melhorar o serviço ao consumidor.

[©Nextil]

A reorganização do Nextil, que inclui a consolidação das unidades produtivas em Espanha, vai permitir reforçar o seu compromisso com a inovação e a sustentabilidade, segundo o grupo, criando uma única unidade produtiva, maior, para a Dogi e a Ritex, que até agora tinham, cada uma, a sua própria fábrica.

O Nextil Group tinha já reestruturado a parte comercial, que funciona atualmente por unidades de produto – luxo, desporto, swimwear, lingerie e saúde – em vez de depender de cada centro de produção. O objetivo é oferecer um serviço mais completo ao cliente, já que este poderá colocar encomendas abrangendo tecidos, vestuário e tingimento sustentável junto de apenas um interlocutor.

«Estas mudanças pretendem consolidar a nossa empresa como um grande grupo têxtil ao impulsionar os nossos pilares de crescimento: a sustentabilidade e a inovação», explica Manuel Martos, diretor-geral do Nextil Group. «A nossa equipa de sustentabilidade está continuamente em busca de soluções para reduzir o nosso impacto no ambiente», afirma.

[©Nextil]
O Nextil Group está a implementar uma estratégia de sustentabilidade com objetivos anuais específicos, contando atualmente com 10 certificações que asseguram políticas sustentáveis tanto em relação ao produto, como ao planeta e às pessoas.

Esta reorganização produtiva e comercial deverá igualmente permitir reforçar o posicionamento face à inovação, até porque, sublinha o diretor-geral, o Nextil tem «diferentes projetos de investigação com várias universidades e empresas tecnológicas europeias que em breve deverão ser conhecidos». Estes projetos, adiantou Manuel Martos, centram-se essencialmente na criação de tecidos técnicos e altamente especializados, assim como em maquinaria inovadora para otimizar e reduzir o consumo de energia e recursos durante a produção têxtil.

Crescer em várias frentes

Atualmente, o Nextil Group conta com quatro unidades produtivas. Além de Espanha, tem uma fábrica nos EUA e dois centros de produção em Portugal – a Sici93 e a Playvest.

[©Nextil]
O grupo está também a terminar a fase de financiamento para a construção de uma nova fábrica na Guatemala, um projeto com 25 mil metros quadrados que deverá entrar em funcionamento no primeiro trimestre de 2023. O objetivo desta unidade, que está localizada num ponto estratégico com fácil acesso a um porto de mar, é aceder ao mercado de grandes produções e competir, dessa forma, com os fornecedores asiáticos, mantendo as unidades europeias e americana dedicadas a produtos de valor acrescentado, desenvolvimento de novos artigos e fornecimento dos mercados locais.

No primeiro semestre deste ano, o Nextil Group registou um volume de negócios de 30,2 milhões de euros, o que representa uma queda de 13% face ao mesmo período do ano passado, apesar de no segundo trimestre ter assistido a uma forte recuperação (+120% em comparação com o mesmo período de 2020). O Ebitda (lucros antes de juros, depreciação e amortização), contudo, registou um crescimento de 103% nos primeiros seis meses deste ano face ao período homólogo de 2020, para 2,8 milhões de euros.