Início Notícias Moda

Dramatismo em Londres

Já com os pés na passerelle de Paris, que se ergue de 26 de setembro a 2 de outubro, os olhos da comunidade moda internacional regressaram, por momentos, a Londres, que por esta altura já alinhou as tendências-chave da temporada de desfiles dedicados à primavera-verão 2018: folhos, cortes e transparências.

Marques'Almeida Fashion Show, Ready to Wear Collection Spring Summer 2018 in London

Em destaque no calendário de desfiles da semana de moda de Londres estiveram nomes como a dupla nacional Marques’Almeida, MM6 Martin Margiela, Emporio Armani, Ralph & Russo ou Versus Versace. Os folhos, cortes, transparências e o patchwork, por seu turno, ficaram em evidência nas coleções mostradas em passerelle.

Marques Almeida
MM6 Martin Margiela

Paleta pastel

Regina Pyo, Marques’Almeida, Sharon Wauchob, Markus Lupfer, Roland Mouret e Anya Hindmarch foram as marcas que mais trabalharam esta tendência, pintando as propostas dedicadas à estação quente de 2018 de rosa, laranja e verde em tons pastel, numa estética feminina e romântica.

Painéis e patchwork

O patchwork é uma das tendências recuperadas para a primavera-verão 2018, juntando-se a ele a aplicação de painéis em lantejoulas, por exemplo, em peças de textura lisa. MM6 Martin Margiela, Roberta Einer, Haizhen Wang e Preen by Thornton Bregazzi exploraram as técnicas nas respetivas coleções.

Richard Malone
Armani

Corte profundo

Surgindo quer na parte superior, quer na parte inferior do coordenado, o corte assimétrico dominou a passerelle de marcas como Richard Malone, Marta Jakubowski, Marques’Almeida, Fyodor Golan e Christopher Kane. O corte emprestou uma dose extra de sensualidade, mas também uma estética de streetwear às peças.

Atacadores

O athleisure continua a desfilar nas semanas de moda internacionais, com marcas como Mary Katrantzou, Pringle of Scotland, Peter Pilotto, Jasper Conran e Emporio Armani a trabalharem a tendência através da aplicação de atacadores em peças de raiz desportiva.

Emilia Wickstead

Dupla provável

Os casamentos de cor-de-rosa e vermelho são uma das mais fortes apostas da primavera-verão 2018. As coleções de Paul Costelloe, Emilia Wickstead, Antonio Berardi, J.W. Anderson e Ashley Williams mostraram que este é um matrimónio feliz, em peças femininas e românticas.

Mulher transparente

Os jogos de transparências deixaram de estar circunscritos a peças de primeira camada e, na próxima estação quente, surgem em look total. As passerelles de Teatum Jones, Xiao Li, Emilia Wickstead, Toga e Joseph foram cruzadas por coordenados pouco discretos.

Erdem
Temperley London

Folheados

Ralph & Russo, Sophia Webster, Emilio de la Morena, Erdem e Christopher Kane trabalharam os folhos em peças que viajaram entre o delicado e o destemido.

Prata da casa

Depois de ter surgido discreto nas passerelles dedicadas à corrente estação fria, na primavera-verão 2018, o prateado ilumina looks totais, saltando da pista de dança para as ruas pelas mãos dos génios criativos que decidem os destinos de marcas como Julien MacDonald, Nicopanda, Ashish, Temperley London e Versus Versace.