Início Arquivo

DuPontSA intensifica a produção de fibras na Europa

A DuPontSA vai aumentar a sua capacidade de produção de fibras na Europa. O líder europeu do poliéster, fruto dajoint-venture a 50-50 criada em 2000 entre a divisão poliéster Europa da DuPont de Nemours e a divisão poliéster do grupo turco Sabanci, realiza 800 milhões de euros de volume de negócios, com resultados líquidos de 41 milhões de euros.

Ajoint-venture, que não foi incluída na venda das actividades fibras da DuPont (Invista) à Koch Industries em 2003, conserva os seus direitos exclusivos de exploração na Europa, na África e no Médio Oriente das marcas criadas pelo grupo químico americano no seu sector. A DupontSA possui cinco unidades industriais, situadas no Reino Unido (Wilton), na Alemanha (Uentrop) e na Turquia (Adana, Kurtkoy e Silivri), que produzem na sua globalidade 280.000 toneladas de fibras por ano e 750.000 toneladas de resinas e produtos intermediários. A unidade alemã vai ter a sua capacidade de produção acrescida de25 a30% e está prevista a implantação de uma quarta fábrica na Turquia.

Estes desenvolvimentos industriais abrangem principalmente as especialidades de valor acrescentado como o Coolmax e o Termolite, com propriedades climáticas utilizadas nomeadamente no vestuário desportivo. Segmentos qualitativos que a DuPontSA tem todo o interesse em enriquecer. «Para melhor combater a concorrência asiática, temos que acentuar a nossa presença no universo das marcas com produtos técnicos, protegidos pelas nossas etiquetas. Os chineses, que produzem cerca de 75% do poliéster mundial, estão ainda muito focalizados em grandes quantidades e propõem fibras com características básicas», afirma Wahid Tawfik, presidente e director-geral da DuPontSA.

A empresa, que investiu em 2002 cerca de 10 milhões de euros num novo centro de investigação e desenvolvimento em Adana, lança todos os anos12 a15 novos produtos sob as suas marcas-estandarte. Em particular, tem procurado desenvolver os mercados do conforto, com a marca Hollofil, do vestuário, assim como dos não-tecidos destinados ao sector do automóvel.