Início Arquivo

Empresa espanhola pode estar em maus lençóis

As entidades europeias reguladoras da concorrência suspeitam que o empréstimo de 2000 milhões de pesetas (12 milhões de euros) atribuído à gigante têxtil Catalã, Tejidos e Hilados Puignero, pelo governo regional catalão, foi um subsidio ilegal. Se se chegar a esta conclusão, a Puignero terá que pagar todo ou uma parte do montante que recebeu. Isto é uma complicação adicional para a empresa que já se encontra «em maus lençóis»: não só suspendeu os pagamentos por um ano como está também a negociar com as autoridades espanholas responsáveis pelos impostos e segurança social, o pagamento de uma dívida de 4000 milhões de pesetas (6 milhões de euros). O Tratado da União Europeia afirma categoricamente que os subsídios aplicados pelo Estado são por norma incompatíveis com o Mercado Comum por afectarem os negócios entre os países membros.