Início Notícias Tecnologia

Epson apresenta a nova Monna Lisa

Na Fespa, a feira dedicada aos construtores de maquinaria para impressão de grande formato, a Epson está desde hoje a mostrar a Monna Lisa Evo Tre 16, resultado da colaboração com as subsidiárias Fratelli Robustelli e a For.Tex. Uma solução apresentada como versátil e adaptável às mutações atuais do negócio têxtil.

O salão berlinense, que decorre até sexta-feira, dia 18 de maio, foi o palco escolhido pela Epson para o lançamento deste modelo, desenhado pela F.lli Robustelli e com tecnologia PrecisionCore, da Epson. A Monna Lisa Evo Tre 16 tem 16 cabeças de estampar, oito cores e a capacidade de usar corantes ácidos, reativos, dispersos e pigmentos. Disponível com três tamanhos de estampagem (180, 220 ou 320 centímetros de largura), o novo membro da família Monna Lisa – que em novembro cresceu com a Monna Lisa Evo Tre (ver Os trunfos da Epson na estamparia digital) – foi desenhado para «responder às necessidades de um mercado que exige elevada qualidade de estamparia mas não elevada produtividade – em vez disso, foca-se em produtos de excelência», explica a Epson em comunicado.

Monna Lisa Evo Tre 16

No stand da empresa na Fespa (hall 2.2, stand D30), é possível assistir a uma demonstração de estamparia com pigmentos, uma aplicação que, revela a Epson, «está a crescer fortemente» devido aos «seus benefícios económicos e ambientais, uma vez que não exige a passagem de vapor e lavagem como fases de pós-tratamento».

O novo equipamento dá igualmente resposta ao crescimento do mercado de estamparia têxtil digital. De acordo com um estudo da MarketsandMarkets, citado pela Epson, o mercado de estamparia têxtil digital vai aumentar de 1,76 mil milhões de dólares (cerca de 1,48 mil milhões de euros) em 2018 para 3,21 mil milhões de dólares em 2023. «Entre as razões para este sucesso é a crescente qualidade conseguida graças a novas técnicas e materiais, conveniência da produção digital para pequenas amostras e a crescente procura por soluções com menor impacto ambiental», indica a Epson.

SureColor SC-F9300

«Um dos objetivos das três empresas [Epson, Fratelli Robustelli e For.Tex] tem sido a atenção à qualidade e fiabilidade em combinação com a sustentabilidade ambiental. Este compromisso tornou-se tangível depois do lançamento da primeira Monna Lisa em 2003 e continuou ao longo do tempo com as diferentes versões lançadas nos últimos anos», resume a Epson.

Além da Monna Lisa Evo Tre 16, durante os quatro dias da Fespa, que reúne cerca de 700 expositores na Messe Berlin, a Epson está também a mostrar as mais recentes novidades para o sector têxtil, nomeadamente a máquina de estampar por sublimação SureColor SC-F9300 (ver Epson com novos reforços), a solução de estamparia direta sobre tecido SureColor SC-F2100 e o modelo de estamparia por sublimação em rolo SC-F6200.

Richard Quinn

A empresa conta ainda com a presença do designer de moda britânico Richard Quinn, que está a apresentar a coleção que mereceu o prémio Queen Elizabeth II for British Design, cujos estampados foram realizados integralmente com máquinas da série SureColor SC-F, e com a exposição de alguns trabalhos da Birmingham City University School of Textiles and Fashion.

«A Fespa é o cenário perfeito para os fornecedores de equipamentos e materiais têxteis, ao mesmo tempo que é um espaço de visita obrigatória para marcas com serviços de impressão que procurem novas oportunidades de negócio», assegura, em comunicado, Richard Barrow, product manager de soluções de produção de grande formato da Epson Europe.