Início Arquivo

Escada opta por rejuvenescimento

Após dez anos a criar moda para as mulheres mais maduras, na casa dos 45-60 anos, a Escada, marca alemã de vestuário feminino, vai apostar fortemente no segmento dos 30-35 anos.

Segundo Wolfgang Ley, fundador e patrão da marca germânica, “ainda não explorámos todo o potencial da nossa marca, e embora continuemos a preocupar-nos com a nossa clientela tradicional, vamos ao mesmo tempo apostar na modernização da Escada”.

Como sinal desta opção estratégica, a marca apresentou a colecção Escada Sport na última edição do salão de moda Bread & Butter, em Berlim.

Além disso, a Escada vai igualmente reforçar a sua aposta na linha executiva, lançada na Primavera de 2003, e dirigida às mulheres “independentes e activas”.

No ano passado, a Escada acolheu mais 20% a 30% de novas clientes, nas suas lojas próprias, assumindo-se como a “marca de luxo que mais colecções apresenta por ano: 6 colecções na sua gama principal mais 4 da Escada Sport”, sublinhou Wolfgang Ley, falando na apresentação de resultados.

No presente ano, a Escada deve encerrar definitivamente o capítulo negro de 2003, já que no primeiro trimestre do corrente exercício, iniciado a 1 de Novembro de 2004, as suas vendas consolidadas cresceram 8%, para os 160 milhões de euros, enquanto os resultados antes de impostos atingiram os 20,5 milhões de euros.